Pegula quebra sina em finais e atropela Giorgi em Washington
Foto: Divulgação/WTA

Pela 11° primeira vez em 2019, um torneio a nível WTA é vencido por uma tenista que jamais havia conquistado um título. Desta vez, a debutante é a americana #79 Jessica Pegula, de 25 anos, vencendo na final do WTA de Washington a italiana #62 Camila Giorgi por dois sets a zero, em duplo 6/2, após apenas 59 minutos de partida neste domingo (4).

A partida demonstrou o contraste entre a situação mental de cada tenista, simbolizada pela taxa de bolas vencedoras e erros não forçados. Enquanto Pegula entrou tranquila e fez seu jogo, terminando com 13 winners e 11 erros, Giorgi entrou nervosa e pressionada, fazendo seu pior jogo desde sua estreia no Citi Open, o que levou a italiana a cometer 23 erros não forçados e só sete bolas vencedoras, sem ter a liderança no placar em momento algum da partida.

Esta foi a oitava final de Pegula somando o circuito ITF e o primeiro título. À nível WTA, esta foi a segunda - a primeira foi em Quebec City 2018, ocasião em que perdeu para Pauline Parmentier. Em 2019, a americana ainda estava esperando por um resultado melhor no circuito WTA, onde tinha como melhor campanha as oitavas de final Charleston e Praga, ambos no saibro.

O resultado coloca Pegula em seu melhor ranking na carreira, superando sua marca de #71 e já avançando para o top 60. Já Giorgi subirá dez posições, voltando também ao top 60. Enquanto a americana não disputa nenhum torneio na semana seguinte, a italiana irá para Toronto, onde enfrenta a bielorrussa Victoria Azarenka na primeira rodada.

VAVEL Logo