Svitolina passa por cima de Rus e vai à final em Monterrey
Foto: Divulgação/WTA

A #7 Elina Svitolina está na decisão do WTA de Monterrey, no México. Cabeça de chave número um, a ucraniana impôs seu favoritismo e passou por cima da #76 Arantxa Rus na semifinal, com direito a pneu. O placar foi de 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/1, em apenas 50 minutos, neste sábado (7).

Svitolina dominou o duelo desde o início. Seu forte saque e potente backhand, que lhe ajudou muito na devolução, fizeram com que ela sempre tivesse o controle dos pontos. Rus não conseguiu implementar seu jogo em momento algum e ficou na defensiva na maior parte das vezes.

A ucraniana teve incríveis 88% de aproveitamento com o primeiro serviço, e ainda anotou cinco aces, quatro a mais que a oponente. A holandesa obteve somente 39% de vitória no mesmo fundamento, muito devido à pressão que a número sete do mundo colocou em seu saque. Svitolina ficou com mais de 60% de sucesso nos pontos iniciados do outro lado.

Com esse cenário, a cabeça de chave número um comandou todos os aspectos do jogo. Ela não teve seu saque ameaçado em nenhum momento e conseguiu dez pontos de quebra a seu favor, dos quais aproveitou metade. Rus sacou seis vezes em todo o confronto e só confirmou em uma ocasião, no início do segundo set; ainda assim, mesmo nesse game, teve dificuldade e precisou salvar um break point.

Svitolina perdeu então somente um game na partida. No primeiro set, um pneu de 6/0 em 25 minutos. A mesma duração aconteceu na segunda etapa que teve parcial de 6/1. A passagem para a final estava garantida assim e a ucraniana fica agora a um passo de conquistar o título do WTA de Monterrey.

Esta será a 17ª decisão de torneio para a número sete do mundo e ela tem grande aproveitamento até agora, com 13 troféus. Sua adversária na decisão do Abierto GNP Seguros será a #57 Marie Bouzkova, que surpreendeu a #16 Johanna Konta, segunda maior cabeça de chave, com uma vitória em sets diretos na outra semifinal.

Svitolina e Bouzkova tem apenas um duelo entre si até o momento. Ele aconteceu em setembro do ano passado, na segunda rodada do WTA de Guangzhou. A ucraniana abandonou aquela partida com dores no joelho quando perdia em 6/4 e 4/3.

VAVEL Logo