Nadal confirma freguesia e derrota Gasquet na segunda rodada de Roland Garros
Foto: Divulgação/ATP

O #3 Rafael Nadal avançou mais uma vez à terceira rodada em Roland Garros. O espanhol vencedor do torneio por 13 vezes garantiu seu favoritismo contra o #53 Richard Gasquet, em vitória por 3 a 0, com parciais de 6/0, 7/5 e 6/2, após 2h16, nesta quinta-feira (3).

Franceses dão adeus

Gasquet era o último dono da casa remanescente na chave de simples masculina. Com a derrota do francês, o país mandante fica sem representantes na terceira rodada da chave pela primeira vez na história.

Gael Monfils e Enzo Couacaud eram os outros dois donos da casa da França que sobreviveram à primeira rodada, mas também sofreram derrotas no segundo jogo, para Mikael Ymer e Pablo Carreño Busta, respectivamente.

17 a 0

A tarefa não era nada fácil para Gasquet como último francês no páreo, já que diante de si estava o rei do saibro, sobre quem ele não conseguiu nenhuma vitória até hoje. Nadal entrou em quadra com histórico de 16 a 0 contra o oponente, e no final, o ampliou ainda mais. O espanhol não perde um set para o rival desde 2008, em partida pelo Masters 1000 de Toronto.

No 17º triunfo, o ex-número 1 dominou o adversário novamente. Seu saque aberto, forehand com muito top spin e devoluções profundas na linha de base pressionaram o outro tenista o tempo todo. O dono da casa raramente conseguiu mandar no ponto, mesmo que o tivesse iniciado.

O domínio do espanhol foi tão grande que ele registrou um número de winners e erros não-forçados quase que inversamente proporcional ao do oponente. Foram 36 acertos e 23 bolas para fora de Nadal, enquanto que Gasquet anotou 20 e 37 respectivamente.

No primeiro set, o francês praticamente "não viu a cor da bola". O jogador favorito perdeu apenas nove pontos, de um total de 34, e venceu todos os games para aplicar o famoso 'pneu'. Apenas 26 minutos foram necessários para que a parcial fosse fechada.

Nadal teve um momento de baixa em seu desempenho ao sacar em 5/3 para fechar a segunda etapa e ser quebrado. Ainda assim, a reação do francês foi muito breve, pois o espanhol beirou a perfeição de ali até o final do jogo. Três quebras viram a favor do terceiro do mundo, uma no último game do segundo set e duas no terceiro, e ele foi perfeito em seu serviço a partir de então, sem sequer um break point cedido.

O que vem por aí

Sendo assim, Rafael Nadal fechou mais um duelo tranquilo no torneio que mais reinou até hoje. Sua busca pela 14º título, para ampliar ainda mais o recorde, passará agora pelo britânico #45 Cameron Norrie, que derrotou o #54 Lloyd Harris por 3 a 1 na segunda rodada.

VAVEL Logo