Dimitrov bate Hurkacz e iguala melhor campanha em Monte Carlo; Davidovich derruba Fritz
Foto: Divulgação/Rolex Monte-Carlo Masters

Em duelo de dois ex-top 10, o #29 Grigor Dimitrov superou o #14 Hubert Hurkacz nas quartas de final do Masters 1000 de Monte Carlo. O búlgaro fechou a partida com parciais de 6/4, 3/6 e 7/6(3), em 2h29, nesta sexta-feira (15).

Este foi o segundo confronto entre eles, e a segunda vitória de Dimitrov. A primeira foi também nas quartas de final de um Masters 1000, em Indian Wells 2021, com um placar muito parecido: triunfo do búlgaro com parciais de 3/6, 6/4 e 7/6(2).

Hurkacz somou 11 a 4 em aces, não cometeu nenhuma dupla falta, e, mesmo assim, enfrentou mais break points - oito a quatro -, com três quebras no saque de cada um. Dimitrov chegou a desperdiçar dois match points no 11º game do set final, mas o polonês forçou o tiebreak. O ex-top 5, porém, não perdeu nenhum ponto no serviço no game desempate e garantiu vaga em sua sétima semifinal de Masters 1000, a segunda em Monte Carlo - a anterior foi em 2017.

Davidovich Fokina segue firme

O adversário de Dimitrov nas semifinais do Rolex Monte-Carlo Masters será o #46 Alejandro Davidovich Fokina.

Algoz de Djokovic na segunda rodada, o espanhol faz sua melhor campanha na carreira em torneios desta magnitude e bateu nas quartas o #13 Taylor Fritz de virada, parciais de 2/6, 6/4 e 6/3, em 2h25. Este foi o terceiro confronto entre Davidovich e Fritz, e a segunda vitória do espanhol.

Monte Carlo é, de longe, o torneio da série Masters 1000 onde Davidovich Fokina se dá melhor. Na carreira, ele soma 14 vitórias em 26 partidas de torneios desta magnitude, sendo sete no Principado - ele caiu nas quartas em 2021.

Com a campanha em Mônaco, Davidovich Fokina vai, no mínimo, igualar sua melhor marca no ranking mundial, o 32º lugar. Caso seja campeão, o espanhol de 22 anos pode entrar no top 20.

A semifinal

O único confronto anterior entre Davidovich Fokina e Dimitrov terminou com vitória do espanhol na primeira rodada do Masters 1000 de Roma no ano passado, parciais de 6/4 e 7/6(2).

VAVEL Logo