Brasil vence Venezuela e avança às semifinais do Sul-Americano de Vôlei

Seleção masculina ganha com autoridade e lidera a chave A da competição; time volta à quadra nesta quarta-feira para fechar a fase classificatória

Brasil vence Venezuela e avança às semifinais do Sul-Americano de Vôlei
Foto: Divulgação/CSV
Brasil
3 0
Venezuela

Na noite dessa terça-feira (8), a Seleção Brasileira Masculina encarou mais um desafio no Campeonato Sul-Americano de Vôlei, disputado em Temuco, no Chile. Com parciais de 25/10, 25/16 e 25/14, o time comandado por Renan Dal Zotto venceu a Venezuela por 3 sets a 0, pela segunda rodada da competição.

Com o triunfo, o time verde e amarelo garantiu com antecedência classificação às semifinais do torneio. Na estreia, o Brasil derrotou facilmente o Paraguai por 3 sets a 0. Fechando a primeira fase, a Seleção Brasileira enfrentará a Colômbia, nesta quarta-feira (9), às 15h (de Brasília).

O Sul-Americano é disputado por oito seleções que estão divididas em dois grupos. Apenas duas equipes de cada chave avançam às semifinais. O Brasil está na grupo A, ao lado do Paraguai, Venezuela e Colômbia. Na outra chave estão: Chile, Argentina, Peru e Uruguai.

A seleção vencedora da competição sul-americana garante vaga no Mundial de 2018, que será disputado na Itália e na Bulgária. Das 31 edições do Sul-Americano, o Brasil foi vencedor em 30 oportunidades. O time comandado por Renan Dal Zotto é favorito para manter a hegemonia.

Foto: Divulgação/ CSV
Foto: Divulgação/CSV

De diferente do primeiro jogo, apenas a escalação. Na vitória sobre o Paraguai, a Seleção Brasileira entrou em quadra com um time reserva, e mesmo assim venceu sem dificuldades: 25/4, 25/14 e 25/10. Nesta terça, Renan armou a equipe com o que tinha de melhor, o time vice-campeão da Liga Mundial.

 Novamente o time verde e amarelo mostrou o abismo técnico que existe entre as seleções sul-americanas. A Venezuela, que vinha de vitória sobre a Colômbia (25/22, 25/18, 22/25 e 26/24), não ofereceu resistência aos brasileiros: 25/10, 25/16 e 25/14. 

O técnico Renan Dal Zotto elogiou seus comandados após o triunfo e destacou quais os fundamentos que estão fazendo a diferença a favor da equipe brasileira. "Estou contente porque, independentemente do adversário, o Brasil vem jogando sempre em um ritmo muito bom, muito forte. Ontem fizemos uma boa apresentação, hoje também, principalmente no saque e no bloqueio, e isso nos deixa satisfeitos”, disse o treinador. 

Vôlei