Com a NBA parada devido ao coronavírus, veja como anda cada situação na liga
Foto: Divulgação/NBA

A temporada da NBA foi suspensa por tempo indeterminado no dia 11 de março devido a pandemia do coronavírus, que atingiu fortemente os Estados Unidos e todo planeta. Adam Silver, comissário da liga, comentou que ainda não há datas para decidir se a competição será cancelada ou retomada.

Antes da suspensão oficial, a liga estava no momento mais decisivo para os prêmios individuais e para as posições que definem os confrontos nos playoffs. Veja algumas situações e números da temporada 2019-20 da NBA.

Briga no topo

Los Angeles Lakers e Milwaukee Bucks são os líderes das Conferências Oeste e Leste, respectivamente. As duas equipes já tinham a vaga garantida na pós-temporada e brigavam para assegurarem a primeira colocação.

A equipe de LeBron James tem números de 49 vitórias e 14 derrotas na temporada. Um aproveitamento de 77% no total. Em números que demonstram o poder dos Lakers contra os adversários da Conferência Oeste, a franquia de Los Angeles jogou 40 vezes e venceu 33 duelos.

Já o time do atual MVP Giannis Antetokounmpo, tem a melhor campanha geral da liga. O Milwaukee Bucks venceu 53 jogos e perdeu apenas 12. Um aproveitamento de 81% no total. Contra adversários da mesma conferência, o time comandado por Mike Budenholzer venceu 34, dos 39 jogos. Dentro de casa, os Bucks têm números ainda mais poderosos. Em 31 partidas, venceu 28.

Conferência Leste

Toronto Raptors e Boston Celtics, segundo e terceiro colocados, respectivamente, já estão classificados para os playoffs. Miami Heat, Indiana Pacers, Philadelphia 76ers, Brooklyn Nets e Orlando Magic completam o grupo que se classificam para a próxima fase. 

A situação por playoffs na conferência anda quase resolvida. Washington Wizards é a primeira equipe fora do G-8 com seis vitórias a menos que os Magics.

Conferência Oeste

Diferente da Conferência Leste, a Oeste segue com apenas o Los Angeles Lakers com vaga garantida nos playoffs. Equipes muito próximas uma das outras. Por exemplo, o Los Angeles Clippers, segundo colocado, tem apenas quatro vitórias a mais que o Dallas Mavericks, que atualmente ocupa a sétima posição. Denver Nuggets, Utah Jazz, Oklahoma City Thunder, Houston Rockets e Memphis Griezlies completam o G-8.

A distância dos Griezlies (8°) para os Mavericks (7°) é de oito vitórias. Brigando pela oitava colocação, existem cinco equipes. Portland Trail Blazers, New Orleans Pelicans, Sacramento Kings, San Antonio Spurs e Phoenix Suns, que tem apenas seis vitórias a menos.

Briga visando o 'Tank'

Existe briga pelas últimas colocações também. Quem terminar na última posição, tem maior possibilidade de ficar com a primeira escolha do próximo Draft.

Com as lesões de Stephen Curry e Klay Thompton e a saída de Kevin Durant, que foi para o Brooklyn Nets, o Golden State Warriors não conseguiu manter o ritmo das últimas temporadas e atualmente ocupa o posto de pior time da liga, com um aproveitamento de 23% e apenas 15 vitórias em 65 partidas. 

Cleveland Cavaliers e Minnesota Timberwolves, ambos com 19 vitórias, acompanham os Warriors de perto. Atlanta Hawks, Detroit Pistons têm 20 vitórias. New York Knicks tem 21 e o Chicago Bulls com 22, são as equipes de piores campanhas da NBA 2019-20.

MVP 

LeBron James e Giannis Antetokounmpo, líderes de cada conferência, são os principais candidatos ao prêmio de melhor jogador da temporada. O camisa 23 do Los Angeles Lakers tem média de 25.7 pontos, 7.9 rebotes e 10.6 assistências, sendo o líder no quesito em toda liga. Aos 35 anos, LeBron ainda tem 41 double-doubles e 13 triple-doubles - atrás apenas do Luka Doncic, que tem 14.

Foto: Divulgação/NBA
Foto: Divulgação/NBA

Atual MVP, Antetokounmpo continua com números acima da média. O grego é o terceiro maior cestinha da liga com 29.6 pontos por jogo. 13.7 rebotes e 5.8 assistências. É o jogador com mais double-doubles. 52 em 57 jogos disputados.

Kawhi Leonard, recém contratado pelo Los Angeles Clippers, com média de 26.9 pontos, Jimmy Butler, líder da ótima campanha do Miami Heat, Nikola Jovic, pivô do Denver Nuggets, Luka Doncic, segundoanista com média de 28.7 pontos e detentor de 14 triple-doubles - líder no ranking -, também aparecem na lista.

Maiores pontuadores

James Harden caminha para ser pelo terceiro ano consecutivo, o scoring da liga. Atualmente, o jogador do Houston Rockets tem média de 34.4 pontos. Breadley Beal aparece na segunda colocação com média de 30.6 pontos e Antetokounmpo completa o pódio com 29.6 pontos por partida.

Novato do Ano

Escolhido na segunda posição pelo Memphis Griezlies no último Draft, Ja Morant encantou toda NBA com suas assistências e enterradas. Um dos líderes da equipe que atualmente ocupa zona de playoffs, o jogador de 20 anos tem médias de 17.6 pontos, 6.9 assistências e 49% de aproveitamento nos arremessos em quadra. Morant anotou 11 double-doubles e um triple-double.

Foto: Divulgação/NBA
Foto: Divulgação/NBA

A primeira escolha geral, Zion Williamson, do New Orleans Pelicans, perdeu muitos jogos no começo da temporada devido a uma lesão no joelho. O pivô ex-Duke, já aparece na segunda colocação no ranking de melhores novatos do ano com uma média de 22.4 pontos, 6.5 rebotes e 59% de aproveitamento nos chutes em quadra.

VAVEL Logo