Seleção da Nigéria reclama de premiação e não embarca para o Brasil
Nigéria ainda não embarcou para Joanesburgo (AFS), onde pegará o avião para o Brasil (Foto: Divulgação/Fifa)

Quatro dias antes da estreia na Copa das Confederações, uma notícia surpreendeu a todos. A Nigéria, representante do continente africano na competição, ainda não embarcou para o Brasil para a disputa. Os jogadores não concordaram com um corte no valor da premiação proposto pela Federação Nigeriana de Futebol, que estaria em crise financeira, de acordo com informações locais.

Segundo a Fifa, a seleção deverá chegar ao país nesta sexta-feira (14) ou no sábado (15), para sim começar sua trajetória no torneio segunda-feira (17), diante do Taiti, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O elenco se "rebelou" ao saber que a federação local diminuiu em 50% o pagamento em caso de resultados positivos. Até então, eram U$ 5 mil dólares (R$ 10,6 mil) por empates e U$ 10 mil (R$ 21,2 mil) por vitórias.

Com isso, a seleção da Nigéria segue em Independence, onde empatou em 1 a 1 com a Namíbia pelas Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo. A Fifa multa em R$ 230 mil por não participação em suas competições oficiais, podendo até banir a federação e tirar qualquer chance de jogar a Copa do Mundo.

VAVEL Logo