Com Gilardino, Itália acredita em surpresa contra a Espanha

A Itália entra em campo nesta quinta-feira (27) na Arena Castelão para enfrentar a Espanha pela semifinal da Copa das Confederações sem o seu principal atacante, Mario Balotelli. O jogador do Milan foi cortado e já retornou à Milão por causa de uma lesão na coxa esquerda.

Além do atacante, o lateral-direito Abate também foi cortado por uma luxação no ombro direito. Maggio deverá ser o substituto dele para a partida semifinal.

Mas nem tudo são problemas para o técnico Cesare Prandelli, o meia Pirlo está recuperado da lesão que o tirou da partida contra o Brasil e deverá ser confirmado para a partida diante da Espanha. De Rossi também está de volta ao time após cumprir suspensão.

Prandelli deverá também alterar o esquema tático da equipe para um 3-4-2-1. No último treinamento antes da partida, o treinador testou uma formação com três zagueiros. Bonucci foi escalado ao lado dos companheiros de Juventus, Chiellini e Bazargli.

A linha de meio-campo a frente dos zagueiros terá quatro jogadores: Maggio, De Rossi, Pirlo e Marchisio.  Candreva e Giaccherini seriam os meias avançados enquanto Gilardino seria o substituto de Balotelli no ataque.

O vencedor deste confronto enfrenta o Brasil que venceu o Uruguai por 2 a 1 nesta quarta-feira. A Final será realizada no Estádio do Maracanã às 19h deste domingo (30). Já o perdedor pela a Celeste no mesmo dia às 13h na Arena Fonte Nova em Salvador.

 

Gilardino confirmado

O centroavante que atua no Bologna foi confirmado por Prandelli na entrevista coletiva desta quarta-feira (26). O

- Ele é um jogador muito confiável, uma referência para a seleção e um excelente goleador. Não vou escalá-lo porque tenho boa relação com ele, mas, sim, porque é um dos melhores atacantes que temos – afirmou o treinador.

Gilardino tem 31 anos e é um velho conhecido do torcedor italiano. Remanescente da equipe campeã do mundo em 2006, o jogador saiu do Milan em 2008 e passou por Fiorentino e Genoa até chegar ao Bologna nesta temporada onde marcou 13 gols na Serie A. jogador inclusive trabalhou com o treinador no Parma e na Fiorentina.

 

Lições da Eurocopa

Na última Eurocopa, em 2012, a Itália enfrentou a Espanha duas vezes. Na primeira fase a equipe escada com três zagueiros conseguiu um empate por 1 a 1 já o segundo encontro foi na grande final onde a Fúria venceu por 4 a 0, nesse jogo a Azzurra atuou com quatro defensores.

Portanto, a mudança de esquema feita por Prandelli pode ter alguma ligação com o resultado desses dois confrontos. O que veio a corroborar com a entrevista de Marchisio nesta terça (25).

O meia da Juventus afirmou que a equipe deverá seguir o exemplo da partida da primeira fase da Eurocopa para conseguir uma vitória sobre a Espanha nesta quinta-feira.

- Sabemos que vamos encontrar um time difícil, conhecemos os jogadores. Fizemos dois jogos diferentes no campeonato europeu. Queremos que seja como o primeiro, não só pelo resultado. Mas respeitamos muito a Espanha. Vamos jogar contra o atual campeão do mundo – disse Marchisio.

VAVEL Logo