Bayern goleia Eintracht Frankfurt e se isola cada vez mais na liderança da Bundesliga
Götze esbanjou categoria na partida (Foto: Divulgação/ Bayern de Munique)

Neste domingo (2), o Bayern de Munique recebeu o EIntracht Frankfurt, pela 19ª rodada da Bundesliga, na Allianz Arena, casa dos bávaros. Jogando como um rolo compressor, o Bayern jogou muito, não deu chances ao adversário e aplicou uma goleada em 4 a 0 sob os Águias. 

Com a vitória, os bávaros chegam a 53 pontos, com 17 vitórias, 2 empates e nenhuma derrota. O Eintracht se mantém na 14ª colocação, com apenas 18 pontos ganhos, próximo da zona de rebaixamento.

Primeiro tempo avassalador do Bayern

No início do jogo, o Eintracht tentou mostrar um pouco de força, mas Meier bateu e Neuer defendeu com bastante tranquilidade. Por outro lado, os bávaros - como de costume -, não estavam para brincadeira. Com a boa velocidade Ribéry e Thiago, o Bayern de Munique pressionava a área defensiva do Frankfurt.

Aos sete minutos, após belo cruzamento de Shaqiri, Mandzukic acertou um belo voleio e quase abriu o placar. O arqueiro Trapp fez uma grande defesa, salvando os águias por hora. Como todas as partidas jogando em seus domínios, o Bayern pressionava a todo instante. Aos dez, Shaqiri fez boa jogada na área adversária e chutou, a bola saiu tirando tinta da trave frankfurtiana. 

De tanto insistir, os bávaros chegaram às redes, e com muita categoria. Dante lançou Mandzukic, o croata escorou para Mario Götze, que matou no peito e encheu o pé direito para abrir a contagem em Munique, aos 12 minutos. O gol coroou a força do Bayern, afinal, era um jogo de ataque contra defesa. O Eintracht precisava reagir se não quisesse sair humilhado da Allianz Arena. 

Antes dos 20 minutos, Mandzukic cortou o supercílio e por pouco não foi substituído por Pep Guardiola. Aos 23, Ribéry deu bela assistência e Götze quase fez o seu segundo na partida, Kevin Trapp fez mais uma grande intervenção para salvar o Frankfurt. Os águias tentaram responder com Djakpa, aos 26 da etapa inicial, mas a bola passou longe da meta de Manuel Neuer. 

Aos 33, o goleiro alemão salvou o Bayern de Munique, após um chute desviado por Thiago Alcántara, que marcaria contra se não fosse por Neuer. O Eintracht passou a se lançar mais no ataque, e o bávaros passaram a ter seus primeiros contragolpes na partida. 

Apesar da melhora do Eintracht, que equilibrou um pouco as ações, o líder isolado do Campeonato Alemão ampliou aos 44 do primeiro tempo. Após bola espirrada na área do Frankfurt, Ribéry bateu no canto direito, sem chances para o goleiro Trapp. Bayern de Munique 2 x 0 Eintracht Frankfurt foi o placar da primeira etapa. 

Show de Götze e dos bávaros na segunda etapa

Na segunda metade do jogo, restava ao Bayern administrar a larga vantagem na posse de bola, e na imposição em campo. O Frankfurt tentava não trazer um caminhão de gols na viagem de volta para casa. Aos seis minutos, Götze bateu na trave de Trapp, e por pouco não fez o terceiro tento bávaro no jogo. 

O técnico Armin Veh via seu time praticamente batido em campo, mesmo restando quase todo o segundo tempo pela frente. Aos 11, o brasileiro Rafinha bateu e por pouco não marcou seu primeiro gol da Bundesliga, o goleiro Trapp, em um domingo iluminado, salvou mais uma vez. Dois minutos depois, Ribéry quase marcou um golaço. Após encobrir o arqueiro dos aguias, a bola beijou, caprichosamente, o travessão e foi para fora.

Aos 20 minutos do segundo tempo, Joselu perdeu um gol feito para o Eintracht Frankfurt. O atacante espanhol recebeu livre, mas demorou demais e Neuer salvou. Dois minutos depois, veio a resposta bávara. Götze cruzou para Robben que, em seu primeiro toque na bola, balançou as redes do adversário. 

Não demorou para o quarto dos bávaros, e foi gol brasileiro. O zagueiro Dante aproveitou o escanteio e cabeceou para fazer seu primeiro gol no campeonato alemão. Foi o tento de número 50 do Bayern de Munique na temporada, em apenas 19 rodadas.

Depois daí, Guardiola fez algumas alterações e seu time tirou um pouco o pé do acelerador. Até porque a vitória já estava sacramentada. Aos 43 da segunda etapa, o Bayern ainda teve tempo de ampliar. Mandzukic, com muita categoria, deslocou o goleiro Widewald e marcou o quinto dos bávaros.

VAVEL Logo