Guia VAVEL da Copa Libertadores: Bolívar
Bolívar está no Grupo 7 da Libertadores (Arte: Walter Paneque/VAVELcom)

Maior vencedor da história do Campeonato Boliviano, o Bolívar chega à Copa Libertadores da América de 2014 após perder o torneio Apertura de forma surpreendente, sendo ultrapassado na última rodada pelo The Strongest, depois de abrir sete pontos de vantagem. É também o clube boliviano com mais participações no torneio continental, chegando à 29 vezes neste ano.

Depois de fazer boa campanha em 2012, o treinador Miguel Ángel Portugal foi demitido no fim do ano passado e hoje está no Atlético-PR. Quem assumiu o comando do Bolívar foi Vladimir Soria, que seria o treinador interino, mas acabou sendo efetivado no cargo e comandará a equipe na Libertadores.

No elenco, um fato curioso é a presença de dois jogadores espanhóis. Um deles é o experiente defensor Edu Moyá, que jogou em times pequenos da Espanha e chegou ao Bolívar no ano passado. O outro é o meia Juanmi Callejón, que marcou oito gols em 2013 e é um dos destaques do time.

O ponto forte do Bolívar, sem dúvidas, é o ataque, que conta com uma dupla que já passou pela seleção. Juan Arce, aquele ex-Corinthians, atua pelo lado direito e incomoda bastante as defesas adversárias com a sua velocidade. Outro com passagem pela seleção é o centroavante Ricardo Pedriel, grande contratação da equipe para a temporada, vindo do Sivasspor, da Turquia.

O Bolívar chegou a ser destaque na janela de transferências quando surgiu o rumor de que David Beckham poderia ser contratado pelo clube. O astro inglês é amigo do presidente Marcelo Claure, que chegou a intermediar as negociações para o acerto, mas Beckham preferiu não voltar a jogar para investir em sua franquia na Major League Soccer. Na Libertadores, o Bolívar mandará seus jogos no estádio Hernando Siles, que tem capacidade para 45 mil torcedores. Situado em La Paz,o estádio fica a 3.660 metros de altitude, e sem dúvidas, é o grande trunfo do time boliviano para conseguir avançar na competição, podendo conseguir pontos cruciais jogando em seu estádio.

William Ferreira, o artilheiro

O principal jogador do time é o atacante uruguaio William “La Fiera” Ferreira, de 30 anos. O camisa 8 marcou 15 gols em 24 partidas na temporada e é a esperança de gols do time, atuando mais pelos lados no ataque. Dentro de campo, ainda é o capitão da equipe e um dos ídolos da torcida.

Como o Bolívar joga

Vladimir Soria costuma armar o Bolívar num 3-4-3, mas já escalou a equipe num 4-4-2 neste início de temporada, quando acabou perdendo de 3 a 1 para o Universitario de Sucre pelo Clausura 2014. Depois disso, o treinador voltou a usar o esquema tático habitual, sem invenções.

Em 2012, melhor campanha foi encerrada com uma humilhação

Em 2012, ano em que o Bolívar chegou às oitavas de finais, igualando sua melhor campanha na história, o time acabou sendo eliminado pelo Santos de Neymar com uma goleada de 8 a 0 na Vila Belmiro no jogo de volta. Porém, na ida, os bolivianos venceram o Peixe por 2 a 1 e chegaram a estar próximos da classificação.

Agora, as expectativas são bem mais modestas e um avanço às oitavas seria algo surpreendente. Porém, com a altitude a seu favor, o Bolívar será um adversário duro quando jogar em casa, mas terá que fazer muito para não ser goleado nas partidas longe do Hermano Siles.

VAVEL Logo