Lazio rebate críticas sobre discussões acerca da idade de jogador
Aparência de Minala tem explicação na infância difícil do jogador, segundo empresário (foto: Reprodução)

O passaporte do camaronês Joseph Marie Minala diz que ele nasceu em Yaoundé em 24 de agosto de 1996. Minala é jogador da equipe Primavera da Lazio, que seria equivalente a um time sub-19 no Brasil, e, aos 17 anos, seria um "caçula" na categoria. Sua aparência física, entretanto, fez com que se criassem dúvidas sobre sua idade. O meio-campista aparenta ser muito mais velho do que consta em seus documentos e foi motivo de discussão e piadas nas redes sociais.

A idade de Minala foi questionada assim como a de outros jogadores africanos, como Obafemi Martins e Taribo West. A verdade é que o jogador da Lazio aparenta ser bem mais velho do que sua carteira de identidade diz. Vários sites de todas as partes do mundo colocaram em discussão a idade real do camaronês, que realmente parece ser maior do que 17 anos.

No Twitter, surgiram alguns comentários bem humorados sobre a aparência e a idade de Minala. “Não tem nenhuma possibilidade de Joseph Minala ter 17 anos… Talvez 17 dias para o seu aniversário de 30 anos'', disse um usuário da rede social. Os comentários foram tantos que o meio-campista foi um dos assuntos mais populares do site na segunda-feira (10).

Minala jogava na Vigor Perconti, um time amador de Roma, antes de ser contratado pela Lazio em agosto de 2013. "Ele é forte fisicamente. Muitos o criticaram, mas o passaporte indica que a idade é aquela", disse Vito Trobiani, diretor do antigo clube do africano. 

"Certamente há diferenças entre a infância dele e a de outros garotos que vivem na Itália e isso pode ter deixado marcas no seu rosto e na sua expressão", declarou Diego Tavano, empresário do atleta, explicando que Minala teve uma infância difícil. "Entretanto, trata-se de um rapaz de 17 que está lutando para alcançar o seu sonho, que é ser jogador de futebol, e que está conseguindo". Tavano concluiu afastando os rumores que dizem ser falsa a idade do seu agenciado: "São apenas deduções, o jogador está tranquilo e feliz por vestir a camisa da Lazio".

Stefano De Martino, diretor de comunicação da Lazio, criticou duramente os veículos que questionaram a idade do jogador. "Quando não há nada para escrever, aventuram-se nessas coisas. O clube segue um percurso aderente às regras e isso é explicado pela documentação. Essas especulações irritam. Defino-as como voyeurismo. Convido os colegas a encontrar um argumento mais interessante. Fico triste pelo rapaz, mas essas coisas acontecem apenas com a Lazio. Se Minala jogasse no outro lado do rio Tibre não teríamos artigos desse gênero. Não há nada a acrescentar ou a responder sobre essas especulações", rebateu De Martino. 

O presidente da Vigor Perconti foi outro a comentar a polêmica e defender o seu ex-jogador: "Temos aqui uma situação clássica. Basta um comentário para gerar uma reação em cadeia. Não me surpreende que volta e meia apareçam com as mesmas besteiras. O que dizem é absurdo. Conheço o garoto e vi seus documentos: o passaporte camaronês diz que ele nasceu em 1996, na sua carteira de identidade também está escrito 1996 e os testes médicos comprovaram sua idade. Basta alguém colocar no ar rumores absurdos que chegamos a situações como essa", contou Maurizio Perconti, que, além de presidente, também é fundador do ex-clube de Minala. "Temos outros jovens nascidos em 1996 no time e se os vemos pensamos que eles são mais velhos. São simplesmente mais desenvolvidos do que o normal, mas continuam sendo garotos. Quando um bom jogador, acima da média, as pessoas, infelizmente, ficam com inveja. É normal que ele seja atacado, também por causa da cor da sua pele. O mesmo acontece com outros garotos negros que jogam em nossa equipe. Infelizmente, sempre haverão cretinos", concluiu Maurizio.

Por fim, o próprio Minala desabafou através do seu perfil no Twitter: "A inveja é a fraqueza do homem e as pessoas de alma pobre fazem mal aos outros quando se chega à Serie A", disse.

Ainda pelo Twitter, Mamadou Tounkara, colega de Minala no time Primavera da Lazio, enviou uma mensagem de apoio ao amigo. "Irmão, como você disse, a inveja é a fraqueza do homem. Quando eu era menor, também sofri o mesmo que você. Não desista nunca", tuitou o senegalês. "Quando veem que você tem algo a mais, como as qualidades que você tem, a técnica, o físico, a única coisa que tentam é te colocar para baixo. Deixa os outros falarem, entra em campo e mostra ainda mais quem você é, como se chama, qual o seu sobrenome. Como dizemos em espanhol, a inveja mata. Quero você com a cabeça erguida, levanta e vai buscar o que você sempre sonhou", completou.

Minala cresceu num projeto social para crianças de Roma, onde começou a jogar futebol e despertou a atenção da Vigor Perconti. Na equipe sub-16 do clube da periferia romana, o camaronês já tinha um físico imponente que o fazia se sobressair sobre os adversários da sua idade, fazendo com que ele jogasse também entre os as categorias maiores. Em agosto de 2013, a Lazio o contratou, vencendo a concorrência de Inter e Udinese. Alguns rumores dizem que esses dois clubes desistiram da contratação por duvidas sobre a idade de Minala. Com a equipe Primavera, ele já marcou cinco gols em oito jogos.

 

No último domingo (9), o treinador Edy Reja o relacionou para o dérbi contra a Roma, mas o meio-campista acabou assistindo a partida das tribunas do estádio Olímpico.

VAVEL Logo