Herói do título do Sevilla, Beto destaca importância do treinador Unai Emery
Beto foi o grande herói da equipe defendendo duas cobranças na disputa por pênaltis (Foto: VAVEL/Espanha)

Após o título da Uefa Europa League, decidido na cobrança de pênaltis sobre o Benfica, os jogadores do Sevilla concederam entrevista coletiva para falar da conquista, para muitos, inédito na carreira. O goleiro Beto, considerado grande responsável pela vitória do clube espanhol, fez questão de agradecer a torcida e principalmente ao treinador da equipe Unai Emery, que segundo o arqueiro, conseguiu unir a força do grupo para chegar ao terceiro da competição continental do Sevilla.

"A torcida merece isso, merece tudo isso. Estamos orgulhosos de levarmos esse escudo no peito. O Sevilla não está vivendo de individualidades, de estrelas, não queremos estrelas, queremos um grupo. Todo o mérito é do Unai, pois ele que conseguiu juntar nossas forças", declarou o português.

O goleiro também falou sobre os pênaltis que defendeu na disputa, sobre a grande partida que fez durante os 120 minutos e sobre o pai, que faleceu e, que segundo o próprio, segue iluminando o goleiro.

"É um momento histórico, não só para mim, mas para o Sevilla, para a equipe. A verdade é que merecemos isso, a torcida merece, nós merecemos. Sempre trabalhei muito na minha carreira para que pudesse viver um momento como esse, trabalhando sempre, insistindo, sendo humilde pode-se conseguir grandes coisas, foi uma partida muito bonita para mim, a melhor da minha carreira. A sensação que tenho enche meu coração de alegria e orgulho, sensação de querer compartilhar essa alegria. A gente conhece os batedores, estudamos eles, mas na hora você precisa de concentração e um pouco de sorte. Sempre me lembro do meu pai, pois desde que ele morreu, minha carreira começou a crescer e a verdade é que tenho a luz dele me iluminando todos os dias", completou o goleiro.

Quem também cedeu entrevista foi o meia Ivan Rakitic, grande destaque do clube na competição e em toda a temporada dos Rojiblancos. O croata disse que no futebol tudo é muito rapido, então momentos como esse devem ser desfrutados ao máximo. "No futebol tudo vai muito rápido, você tem que viver e desfrutar de momentos como esse. Eu agradeço de coração aos meus companheiros, ao clube e a uma torcida impressionante, tudo passa em segundos então é dificil de explicar, fizemos um trabalho impressionante e é claro para todos que nós estavamos todos unidos, por exemplo, Cristofóro, que está contundido está aqui celebrando", disse o jogador.

Rakitic também comentou como será o dia após o título e qual deve ser o tipo de recepção que o grupo irá receber da torcida."Só tenho pensado na minha filha e na minha mulher. Amanhã todos nós que conhecemos, a torcida e a cidade já imaginamos que tipo de recepção teremos, vamos fazer a Europa e a Espanha ver quem é o Sevilla de verdade. A nossa torcida é a melhor e são todos loucos, no bom sentido. A taça tinha que voltar para casa, e amanhã ela estará em Sevilla".

Para finalizar, o capitão ainda citou a relação atual com o clube, no qual é muito grato e diz que o leva e o levará no seu coração para sempre. "Levo o Sevilla em meu coração, e quem me conhece sabe que estou falando a verdade, que as vezes minha mulher tem que me fazer parar de pensar nele, mas hoje não é dia de Rakitic, hoje é dia do Sevilla, só fiz o meu trabalho e levo o Sevilla no meu coração, agora é hora para desfrutarmos desse momento." - comentou o capitão da equipe espanhola.

VAVEL Logo