Milan vence o Sassuolo, mas não consegue classificação europeia

Neste domingo (18), em jogo válido pela última rodada da Serie A, o Milan recebeu o Sassuolo no estádio San Siro, em Milão, e venceu a partida por 2 a 1, com gols de Sulley Muntari e Nigel de Jong. O atacante Simone Zaza descontou, de pênalti, para os neroverdi no final da partida.

Com o resultado, o Milan termina a temporada 2013-14 sem se classificar para uma competição europeia, visto que o Parma venceu o Livorno por 2 a 0 e, com o empate de Torino e Fiorentina por 2 a 2, o time gialloblù foi coroado com a última vaga para a Uefa Europa League da próxima temporada.

Com isso, Milan termina a temporada em oitavo lugar, com 57 pontos, e o Sassuolo, por sua vez, conseguiu escapar da zona de descenso a Serie B; o time neroverdi ficou em 17º lugar, com 34 pontos, dois pontos a menos que o Bologna, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

Agora, resta ao time do treinador Clarence Seedorf se preparar para a próxima temporada, uma vez que já há um torneio para rossonero disputar: trata-se da International Champions Cup, cujo reúne quatro clubes (Liverpool, Manchester City, Milan e Olympiakos). Os jogos serão disputados ao final de julho até o começo de agosto.

Muntari marca logo no começo da partida e deixa o Milan em vantagem

Apostando em um esquema tático mais ofensivo do que o normal, o treinador Seedorf mandou um Milan a campo em um 4-3-3, com Montolivo com mais liberdade para armar as jogadas, De Jong e Muntari, fazendo a contenção e um trio de atacantes, composto por Taarabt, Pazzini, Kaká, que sempre buscava a transição de posições. 

O jogo começou movimentado. Logo aos dois minutos de jogo Muntari abriu o placar para o Milan. O ganês abriu espaço, arrumou com o pé esquerdo e mandou uma bomba de fora para área para abrir o placar. Após o gol o time neroverdi até tentou reagir com Ariaudo, mas o zagueiro desperdiçou a oportunidade.

Melhor na partida, o Milan pressionou e acabou marcando o segundo tento, aos 27 minutos. De Jong cobrou falta, a bola desviou na barreira e enganou o goleiro Pomini, encontrando o rumo das redes. Com a vantagem no placar, o Milan tirou o pé do acelerador, e deu espaços para o Sassuolo crescer no jogo, mas o time da Emília-Romanha pecava no último passe. Fim do primeiro tempo.

Equilíbrio toma conta do segundo tempo, e o Sassuolo desconta com Zaza

O equilíbrio definiu o começou do segundo tempo no San Siro. O Milan voltou mais ofensivo, principalmente após Seedorf sacar o autor do primeiro gol, Muntari, para colocar o italiano El Shaarawy. O Sassuolo, por sua vez, chegava com perigo com os atacantes Zaza e Berardi, que sempre tentavam finalizar de fora da área, mas sem levar muito perigo à meta de Abbiati.

Aos 22 minutos, Mexès levou o segundo cartão amarelo por falta em Berardi e foi expulso, deixando o Milan com um homem a menos em campo. Com isso, o Sassuolo começou a buscar mais o gol, enquanto o Milan adotava a tática de tentar surpreender em contra-ataques. 

Pazzini quase ampliou ao ganhar uma dividida com o zagueiro, mas a finalização do camisa 11 acertou a rede do lado de fora. A dez minutos do final da partida, Montolivo também quase marcou o terceiro em uma bela finalização, mas Pomini defendeu.

Aos 90 minutos, o lateral De Sciglio foi expulso ao derrubar o atacante Sansone dentro da área e colocar: pênalti. Zaza, que havia perdido uma chance minutos antes, converteu a penalidade, mas não conseguiu evitar a derrota do Sassuolo diante o Milan. Fim de jogo.

VAVEL Logo