Roy Hodgon se mostra conformado com a derrota: “Os jogadores fizeram o possível”

Na estreia da Inglaterra na Copa do Mundo 2014, a equipe de Roy Hodgson foi derrotada pelo placar de 2 a 1 para a Itália, e se complicou no Grupo D, atualmente liderado pela Colômbia. Embora o resultado possa ser encarado com pessimismo pelos torcedores, o treinador Roy Hodgson preferiu exaltar os fatores positivos, como a atuação individual de alguns de seus atletas.

“Foi um resultado muito decepcionante, realmente. É difícil ter uma visão positiva quando você perde. Nós fizemos coisas muito boas, alguns desempenhos individuais foram muito bons, mas infelizmente levamos o segundo gol”, analisou. Atletas jovens e sem tanta experiência no English Team, como Sterling e Sturridge, exemplos de destaques ingleses na noite de sábado.

Além deles, outros jogadores com pouca experiência no selecionado nacional atuaram contra a Itália. O comandante fez questão de retirar a pressão dos novatos, fazendo elogios à parte ao seu desempenho. “O Barkley, quando entrou, foi muito bem. O Jack Wilshere mostrou um bom trabalho. Nenhum dos nossos jogadores me decepcionou, não decepcionaram o país. Só não marcaram o gol de empate”, enfatizou.

O comandante ainda elogiou o grupo coletivo, que em suas palavras, “fizeram o possível”. Hodgson pede uma recuperação rápida para o confronto contra o Uruguai, pela próxima rodada. “Por mais que tenhamos tentado, não conseguimos ter a qualidade necessária para fazer esse gol. Agora temos que levantar a cabeça e ver os próximos jogos”, sintetizou, na coletiva pós-jogo.

Na visão do treinador inglês, o meio de campo italiano foi um diferencial na partida. Os volantes Pirlo e De Rossi foram os mais elogiados após a derrota. “(Eles, Itália) são muito bons. No segundo tempo jogaram muito bem. O Pirlo e o De Rossi são excelentes jogadores, muito experientes. Temos que aplaudir este time, mas jogamos bem contra eles”.

Agora, a Inglaterra se prepara para enfrentar o Uruguai, na próxima quinta-feira (19), em um jogo que pode se mostrar decisivo para o English Team. Sem nenhum ponto conquistado até o momento, os ingleses ocupam a terceira colocação do Grupo D, à frente da Celeste pelo critério de saldo de gols. 

VAVEL Logo