Buffon nega problemas com o atacante Balotelli: "Somos companheiros"

Antonio Conte, substituto de Cesare Prandelli no comando da Azzurra, deixou o atacante Mario Balotelli fora dos seus planos para os primeiro jogos da Seleção Italiana pelas eliminatórias da Euro 2016. O goleiro Gianluigi Buffon preferiu não entrar no debate sobre se o atleta merecia ou não ser chamado: "Mario é o nosso companheiro de equipe, não temos nenhum problema com ele. Nós não temos idade sufienciente para pensar que podemos ensinar alguém a viver", declarou o arqueiro.

"Conte é o treinador e ele decide o que é melhor para o grupo. Os jogadores ainda são jovens e não tem uma grande disciplina. É inevitável que alguns treinadores não vão aceitar isso", completou o jogador.

Balotelli fez a sua primeira partida oficial pela Seleção em 2010, sob o comando de Cesare Prandelli, que havia acabado de assumir o cargo de técnico. Foi convocado para disputadar a Eurocopa de 2012 onde foi muito criticado por jornalistas italianos, já que tinha marcado apenas um gol na fase de grupos. Destacou-se na competição somente na semifinal, quando marcou dois gols e ajudou a Azzurra a chegar à final. Não fez uma boa Copa do Mundo com a Seleção Italiana, que acabou eliminada ainda na fase de grupos da competição. Em agosto trocou o Milan pelo Liverpool, da Inglaterra, por € 20 milhões mais bônus e chegou para ser o substituto de Luis Suárez. 

A Itália, que venceu o seu amistoso contra a Holanda por 2 a 0, enfrenta nesta terça-feira (9) a sua primeira adversária nas eliminatórias da Eurocopa 2016. Será a Noruega, em Oslo, que foi derrotada pela Inglaterra por 1 a 0 em amistoso. 

VAVEL Logo