Para manter invencibilidade na temporada, Bayer Leverkusen recebe Werder Bremen na BayArena

Buscando manter a ótima fase e a liderança da Bundesliga 2014/2015, o Bayer Leverkusen enfrenta o Werder Bremen na BayArena. Após o final de semana dedicado a data Fifa, alguns jogadores de ambos os times voltam com um certo desgaste, o que pode influenciar negativamente o espetáculo. A partida acontece nesta sexta-feira (12), às 15h30. 

Os aspirinas venceram os primeiros cinco jogos da temporada, marcando 19 gols e sofrendo apenas quatro, tendo assim o melhor ataque do futebol alemão, contando também com a boa fase de Stefan Kiessling, que anotou oito gols nestas cinco partidas. Por sua vez, o Bremen não vive um bom momento. Os papagaios ainda não venceram na Bundesliga e veem um triunfo contra o líder da competição como um ótimo combustível para fazer grandes jogos na temporada.

Aspirinas focados em vitória em casa

O Leverkusen terá os desfalques do volante Simon Rolfes e do meia-atacante Julian Brandt, entregues ao departamento médico pelas próximas semanas. Contudo, a volta de Lars Bender é de suma importância para manter o alto nível técnico do meio-campo dos Werkselfen. O atleta atuou em 45 minutos no amistoso contra o St. Pauli e deve ser titular, fato que foi comemorado por Roger Schmidt

"As ausências de Rolfes e Brandt pode prejudicar a equipe, além do fato de alguns jogadores estarem desgastados  por servirem as suas seleções. Já Lars é indolor, mas ainda não se encontra na sua melhor forma física. Alguns minutos em campo podem lhe fazer bem" - analisou o treinador.

Schmidt analisou e elogiou a equipe adversária, mas afirmou que manterá o estilo de jogo ofensivo para o confronto. O treinador dos aspirinas aprovou também o fato do embate ser à noite na Alemanha e afirmou que o apoio vindo das arquibancadas da BayArena é essencial.

"O foco é sempre na próxima partida, apesar do calendário desgastante. O desafio consiste em regenerar-se o mais rápido possível e se concentrar na equipe adversária. Precisamos ter atenção com Junuzovic e Hajrovic, que são perigosos em jogadas de bola parada. Temos que focar também no nosso jogo, pois é a chave do nosso sucesso. É importante impormos o nosso ritmo e manter a boa sequência de resultados. Mesmo com apenas duas rodadas passadas, é sempre bom estar no topo; a atmosfera vai estar fantástica. Jogar sob as luzes, o gramado únido, a presença da torcida, todos estes fatores deixarão o confronto mais interessante e eu gosto disso. Temos a chance de começar o final de semana realizados", concluiu.

Werder Bremen busca primeiro triunfo na competição

Por sua vez, o técnico Robin Dutt não terá a disposição os seguintes jogadores: Selassie e Bargfrede, também entregues ao departamento médico. Makiadi é mais um que não foi relacionado para o confronto devido ao desgaste em partidas pela seleção do Congo. Outro que também serviu a sua seleção foi o meia Izet Hajrovic, pela Bósnia. O atleta chegou aos treinamentos em tempo e Dutt o relacionou para o embate contra o Leverkusen.

"Não irão acontecer grandes mudanças. Estaremos com oito ou nove jogadores muito rápidos, que podem nos trazer velocidade e dinâmica de jogo, o que pode dificultar a vida dos adversários" , disse.

Dutt avaliou a equipe adversária e destacou que, mesmo fora de casa, o Werder Bremen tem chances de surpreender e vencer o líder da Bundesliga.

"O Leverkusen vive um ótimo momento, ainda não perdeu na temporada, mas contra o Hertha Berlin eu pude perceber algumas falhas na equipe. Após o segundo jogo, nenhuma equipe é tão estável que não tenha alguns pontos fracos visíveis. Vamos tentar fazer em Leverkusen como fizemos contra o Hoffenheim, assim estamos confiantes de que podemos fazer uma boa partida e, consequentemente, vencê-la" , salientou.

VAVEL Logo