Chelsea duela com Leicester City visando título antecipado da Premier League

Chelsea entra em campo na tarde desta quarta-feira (29) em mais um compromisso pela Premier League. Para dar mais um passo rumo ao título, a equipe de José Mourinho visita o Leicester City, no King Power Stadium, às 15h45 (horário de Brasília). O confronto, que fora adiado devido a decisão dos Blues diante do Tottenham pela Capital One Cup, é válido pela 27ª rodada.

Com dez pontos de vantagem sobre o segundo colocado, Manchester City, o clube londrino está a duas vitórias de levantar a quinta taça do Campeonato Inglês em sua história. No lado oposto da tabela, os Foxes lutam contra o rebaixamento. Fora da zona da degola, na 17ª posição com 31 pontos, o time comandado por Nigel Pearson ainda corre perigo, mas vem de quatro vitórias consecutivas.

Pearson terá dois desfalques para o duelo diante dos Blues; Nugent pode ser novidade

Na luta para manter o bom momento e escapar do rebaixamento, o treinador Nigel Pearson terá duas baixas para o confronto desta quarta-feira. Jeff Schlupp permanece como dúvida e o defensor Zoumana Bakayogo, que se recupera de uma contusão no joelho, é ausência confirmada. Por outro lado, o atacante David Nugent, que esteve ausente nos últimos dois compromissos dos Foxes, pode ser novidade na equipe e estar entre os onze titulares.

Em entrevista coletiva pré-jogo, o comandante do Leicester falou sobre o atual momento de sua equipe e agradeceu o apoio dos torcedores: "Eu estou agradecido pelos nossos torcedores. É sempre bom quando você consegue bons resultados diante de equipes que estão na mesma situação que a nossa, mas os fãs estiveram apoiando os jogadores durante toda a temporada e isso é muito importante", destacou. 

"Eu espero que eles [os torcedores] reconheçam que a equipe está dando tudo o que tem, independentemente dos resultados. No momento tudo tem dado certo para nós, mas eu sempre disse que, mesmo quando os resultados foram ruins, nossos jogadores deram tudo de si.  Isso vai ser vital para nós a partir de agora também", ressaltou.

Após sofrer pancada contra o Arsenal, Oscar deve ser ausência; Diego Costa é dúvida

O meio-campista Oscar, que foi substituído no intervalo da partida frente ao Arsenal no último domingo, não deve entrar em campo nesta quarta-feira. O brasileiro se chocou com o goleiro Ospina e precisou ser levado ao hospital por conta de uma suspeita de concussão. Entretanto, o camisa 8 dos blues já passa bem. Em seu lugar, Mourinho deverá colocar o colombiano Juan Cuadrado na equipe titular. 

O hispano-brasileiro Diego Costa, em fase de recuperação devido a um problema na coxa esquerda, segue como dúvida, mas deve viajar com o restante dos atletas relacionados. O francês Loic Remy, com uma lesão na panturrilha, segue fora de combate. Com isso, o marfinense Didier Drogba deve seguir no comando de ataque. 

Após ser criticado pela postura do Chelsea diante do Arsenal, no empate em 0 a 0, Mourinho afirmou que os Blues merecem o título e que grande parte dos outros treinadores irão concordar com sua opinião. 

"Você acha que na Premier League terá um treinador que dirá que o Chelsea não mereça o título?", questionou. "Se nós formos campeões, pergunte a a opinião de cada treinador e eles dirão sim ou não. Eu acredito que, dentre os 19 treinadores, uma grande porcentagem irá dizer que o Chelsea merece conquistar o campeonato", declarou. 

"Trata-se de estabelecer critérios: quem marcou os gols mais bonitos na Premier League? Isso é um critério? Se assim for, o Chelsea fez isso coletivamente. Ou você pode citar Charlie Adam, que obviamente fez um dos gols mais bonitos da temporada. Se o conceito é o número de gols, Manchester City marcou mais do que nós, mas 18 equipes marcaram menos", completou. 

VAVEL Logo