Vitória ante Sassuolo não deixa Rudi Garcia totalmente satisfeito: "Não vou parabenizar ninguém"

Depois de muito tempo, a Roma voltou a fazer boa partida e marcar mais de um gol na mesma partida. O time da capital italiana não marcava dois gols na mesma ocasião desde o dia 26/02, quando venceu o Feyenoord, na Holanda, por 2-1 e não fazia três havia praticamente cinco meses, desde a vitória por 4-2 sobre a Internazionale, no Stadio Olimpico, pelo primeiro turno da Serie A.

A vitória ante o Sassuolo por 3-0 certamente dá tranquilidade para a equipe trabalhar nessa reta final de campeonato italiano, visando recuperar a segunda colocação, atualmente ocupada pela Lazio.

Para Rudi Garcia, no entanto, ainda não há nada a ser parabenizado, apesar da vitória com placar elástico: "Estou feliz hoje, porque mesmo se não levarmos o resultado em conta, o time jogou bem. Todos fizeram seus trabalhos de maneira eficiente".

Apesar disso, o francês fez questão de ressaltar que a vitória não vai ser de muita ajuda se a equipe não for bem contra o Genoa, no fim de semana: "Não vou parabenizar os jogadores porque temos outro jogo no Domingo e precisamos conseguir os três pontos. Precisamos fazer com que essa semana seja positiva em relação à pontuação e ainda estamos na metade do caminho", afirmou o treinador dos giallorossi.

O técnico ainda fez questão de dizer que a Roma está viva na luta pela segunda colocação, na qual briga com a arquirrival Lazio pela vaga direta para a Uefa Champions League da próxima temporada.

Para Garcia, o clube "jogou com orgulho e dignidade e ainda está vivo e lutando". Além disso, quando perguntado sobre a sensação depois da vitória, Rudi se disse relaxado: "Estou bem relaxado porque meus jogadores me deram a resposta que eu precisava", antes de finalizar afirmando que não é tão sensacionalista com os resultados de sua equipe: "Não vejo as coisas tão catastroficamente quando não estamos indo tão bem e nem tão euforicamente quando vamos bem".

VAVEL Logo