Manchester City visita Tottenham buscando assegurar a vaga para UCL
(Foto: Divulgação/Reuters)

Neste domingo (03), o Tottenham recebe o vice-líder Manchester City pela 35ª rodada da Barclays Premier League. Os times buscam diferentes objetivos nesta reta final da competição. Com os Citizens sem mais chances de título em 2015, apenas buscando assegurar matematicamente uma vaga para a próxima Liga dos Campeões da Europa, enquanto os Spurs, sexto lugar, buscam o Liverpool, para conseguir vaga em uma competição européia. 

No último embate entre as equipes, o Manchester City bateu o Tottenham por 4-1 em sua casa pela oitava rodada da competição, com os quatro gols de Sergio Agüero; Eriksen descontou para os visitantes. Na ocasião, o time azul de Manchester lutava pelo título, enquanto o Spurs buscavam entrar no G4. 

O jogo será no White Hart Lane, em Londres, às 12h do horário de Brasília.

Mauricio Pochettino não terá Ben Davies e Kyle Walker no elenco para o confronto, entretanto, Danny Rose retorna de lesão

Em termos de elenco, fora Ben Davies com uma contusão no ombro e Kyle Walker com lesão no pé - que não jogam mais nesta temporada -, o técnico dos Spurs, Mauricio Pochettino terá o elenco inteiro e liberdade de colocar em campo um time que acha mais viável para a vitória em cima do City. Isso porque o lateral esquerdo, Danny Rose, retorna de lesão após um problema no tendão, dando mais poderio ofensivo e defensivo ao time londrino.

Falando do duelo que terá contra Jesus Navas, Rose ressaltou a boa forma do atleta rival e que tem que tomar muito cuidado com ele. "Não houve muitas vezes em que eu olhei para um adversário e me preocupei com o que ele poderia fazer, mas desta vez será diferente por causa do bom momento nos últimos tempos de Navas. Continuo tentando jogar meu jogo, tentando melhorá-lo, e espero contribuir no domingo com uma assistência ou quem sabe um gol, mas terei de ser muito cuidadoso com Navas", disse o jogador ao site do Tottenham.

O técnico da casa afirmou que o jogo será de muita importância para todos no clube e descreveu a partida como uma oportunidade de seus comandados mostrarem trabalho aos olhares de seus torcedores. "Vai ser um jogo duro pois o Manchester City é um dos melhores times da Inglaterra, então temos que jogar bem para tentar a vitória", falou o treinador em entrevista ao Spurs TV. Perguntado sobre Aguero, o treinador argentino ressaltou que deve estar ligado em todos os jogadores adversário, não apenas o seu compatriota.

Manuel Pellegrini insiste que, para seu time, vencer é a única opção para os jogos de maio

O treinador do Manchester City, Manuel Pellegrini, disse na entrevista pré-jogo contra o Tottenham que vencer e voltar a jogar no estilo do seu City de jogar são os seus objetivos, não importando a forma de jogar. "Vencer é a coisa mais importante e para isso existe diferentes modos de jogar. Chelsea venceu os mesmos números de jogos que nós ano passado, mas de uma forma diferente, portanto o estilo de jogo não importa", declarou.

Comparando com outras vontades de treinadores em formas de jogar, Pellegrini destacou que para ele, times grandes devem ter a posse da bola e tentar marcar gols, mas que sempre buscando em primeiro lugar a vitória. "É de suma importância este fim de semana que nós voltamos ao nosso estilo e forma normal de jogar. Está na nossa cabeça que devemos vencer todos os jogos e jogar da mesma maneira", completou. 

Perguntado sobre Mangala ter substituído o titular e capitão Kompany, o chileno afirmou manteve uma boa consistência ao lado de Demichellis. "Mangala está melhorando a cada partida que ele joga. Ele está se resolvendo na Premier League. Talvez no começo acabou sendo difícil para ele, mas é um jovem jogador e nós continuamos confiando no que ele pode fazer, porque ele é um ótimo jogador", frisou o treinador. Além de Kompany, o City não contará com Yaya Touré (tendão) e Jovetic (muscular) para esta partida; Clichy e Nasri devem voltar.

VAVEL Logo