Sevilla derrota Fiorentina e vai em busca do tetracampeonato da Europa League

Nesta quinta-feira (14), Fiorentina Sevilla duelaram pelo jogo de volta das semifinais da Uefa Europa League, em partida realizada no estádio Artemio Franchi, em Florença, Itália. Mesmo com uma vantagem grande após ter vencido o jogo de por 3 a 0, os espanhóis venceram mais uma vez. Desta vez por "apenas" 2 a 0, com gols de Carlos Bacca Daniel Carriço.

Essa é a segunda final consecutiva do clube espanhol na competição. Vale lembrar que o Sevilla é o atual campeão da competição. Na final, que será realizada no dia 27 de maio em Varsóvia, Polônia, os espanhóis terão pela frente o surpreendente Dnipro, que eliminou o fortíssimo Napoli na outra semifinal.

Enquanto os ucranianos tentam um título inédito, os espanhóis buscam seu quarto título da competição, o que tornaria o Sevilla como o maior vencedor da segunda maior competição do futebol europeu, ultrapassando clubes grandes, como InternazionaleJuventus Liverpool. O Sevilla nunca foi derrotado em uma final.

Sevilla marca dois e encaminha a vaga

Mesmo com a primeira boa chance de jogo ter ocorrido com um minuto de partida, Fiorentina e Sevilla não fizeram um jogo movimentado e intenso nos primeiros 15 minutos de confronto no Artemio Franchi. Os donos da casa, precisando da vitória, não conseguiam furar o ótimo bloqueio formado pela equipe espanhola, que estava se contentando com o resultado.

Mas quem abriu o placar foram os visitantes, e com o artilheiro da equipe. Aos 21 minutos, após cobrança de falta, a bola sobrou para o colombiano Carlos Bacca na pequena área. O atacante dividiu com o goleiro brasileiro Neto, venceu e empurrou a bola para o fundo do gol, abrindo o placar em Florença: 1 a 0 Sevilla.

O gol abateu os italianos, que não conseguiam mais chegar à meta de Sergio Rico. Os espanhóis, por outro lado, chegaram dois minutos depois com Aleix Vidal, que tentou o drible para entrar na área, mas foi desarmado. Três minutos depois saiu o segundo gol espanhol, quando, após cobrança de falta, Coke cabeceou, Basanta desviou e a bola chegou para Carriço, que tocou para o gol antes de Neto chegar na bola: 2 a 0 Sevilla.

Com os dois gols, o Sevilla ficou com uma vantagem gigantesca, precisando tomar seis gols para não se classificar. A Fiorentina chegou dois minutos depois, quando Pizarro arriscou de fora da área e Sergio Rico fez grande defesa, evitando o gol de honra dos italianos. Após este lance, as duas equipes não chegaram mais e os espanhóis iam garantido a vaga na final da Europa League.

Em segundo tempo morno, Sevilla confirma vitória e classificação

Sem ter nada a perder, a Fiorentina foi com tudo para cima no segundo tempo, tanto que a primeira chance foi de bastante perigo, quando Salah recebeu na entrada da área, se livrou do marcador e chutou rasteiro para boa defesa de Sergio Rico. No rebote, Ilicic tentou, mas o goleiro espanhol defendeu mais uma vez.

A maior chance da Viola para diminuir o marcador aconteceu aos 20 minutos, quando Pizarro foi derrubado por Krychowiak dentro da área. Ilicic foi para a cobrança, mas pegou muito mal na bola e mandou por cima. Realmente não era o dia dos italianos no Artemio Franchi.

Após estas chances de, pelo menos, diminuir a vantagem na Itália, a Fiorentina não conseguiu mais atacar, demonstrando-se sem forças e abatida com a eliminação confirmada de forma "complicada". O Sevilla, classificado, também não apareceu à meta do goleiro Neto, que não trabalhou na segunda etapa. A partida terminou com a vitória espanhola e classificação para a final da Uefa Europa League pelo segundo ano consecutivo.

VAVEL Logo