Para garantir título da Ligue 1, PSG visita Montpellier precisando apenas de um empate
Foto: Divulgação/PSG

O domínio parisiense em terras nacionais está muito próximo de aumentar. Na tarde deste sábado (16), o Paris Saint-Germain visita o Montpellier, em jogo válido pela 37ª rodada da Ligue 1. Basta um empate para que o time da capital se sagre tricampeão do campeonato, o quinto na história. O MHSC não aspira mais nada na competição, mas pode atrapalhar o adversário. A bola rola às 16h, horário de Brasília, assim como todos os outros jogos.

Após a compra da equipe por um grupo do Qatar, o presidente Nasser Al-Khelaifi fez altos investimentos, contratou bons jogadores e montou um elenco que extrapola os padrões da França. Após conquistar os títulos da Ligue 1 nas temporadas 2012/13 e 2013/14, o PSG tem tudo para erguer a quinta taça da primeira divisão. A soberania em território nacional só aumenta e o Montpellier poderá ser a vítima da vez, clube que foi campeão em 2011/12.

No primeiro turno o resultado foi 0 a 0. Já o último encontro foi favorável ao PSG: 3 a 0 na Coupe de France, onde, inclusive, o clube está na final contra o Auxerre.

“Último campeão” quer adiar a festa do PSG

Em seu primeiro ano como “novo rico”, o Paris Saint-Germain foi desbancado pelo Montpellier. Três anos atrás, a equipe conquistava seu único título da Ligue 1, com 82 pontos contra 79 dos parisienses, que naquela época já contavam com nomes como Pastore, Sirigu e Matuidi. O elenco se desfez, e o MHSC vem fazendo campanhas medianas nas últimas épocas.

A missão do Montpellier nesta reta final é chegar o mais alto na tabela possível. Atualmente estão na sétima posição, com 56 pontos. Contando com tropeços do Bordeaux, a equipe pode chegar até o sexto lugar.

O meio-campista Jonas Martin falou ao site oficial do clube sobre a expectativa de enfrentar o PSG: “Espero o estádio cheio. Vamos tentar agradar nossos torcedores e mostrar para eles a verdadeira face desta equipe do Montpellier, exibindo todos os valores e qualidades do plantel. Vamos tentar mostrar tudo contra Paris, que é definitivamente o melhor time do campeonato.

Eu acho que nós tivemos uma grande temporada, especialmente considerando que perdemos vários jogadores importantes no ano passado. Nós não esperamos chegar a este nível e nós mostramos que pode ser possível quando você trabalhar como uma equipe. Se você tivesse me dito (no começo da temporada) que estaríamos em sétimo, com dois jogos restando, teria erguido as mãos para os céus”, completou o jogador.

Um ponto basta, mas o time da capital vai em busca da vitória

A diferença para o segundo colocado Lyon é de seis pontos. Restando duas rodadas, a equipe precisa de um ponto para ficar o troféu mais uma vez. Porém, a equipe com certeza vai querer coroar a boa temporada com vitórias. O PSG lidera com 77 pontos, enquanto que os gones seguem com 71 pontos. O triunfo por 6 a 0 diante do Guingamp e a derrota dos concorrentes para o Caen, deixa o time da capital com as duas mãos na taça, falta apenas levantar. O pior cenário seria duas derrotas do Paris, com o Lyon vencendo as duas e tirando um saldo de sete gols.

O treinador Laurent Blanc falou sobre o virtual título: “Sabemos o que temos de fazer no sábado, como em todos os jogos. No PSG, existe a obrigação de vencer todas as partidas, em casa e fora. Vamos à Montpellier com a ambição de conseguir os três pontos. Conhecemos bem os jogadores e o treinador desta equipe. Não é uma falta de respeito, mas vamos lá com ambição, sabendo que podemos conquistar um dos objetivos do início da temporada. É um jogo decisivo. Este é talvez o jogo mais importante que disputaremos nesta temporada.

Na coletiva pré-jogo o comandante fez sua análise da equipe adversária do jogo de logo mais: “Esta equipe do Montpellier tem várias qualidades. Ela realiza uma bela temporada e tem a oportunidade de se classificar para a Liga Europa. Mas estamos focando apenas em nós mesmos. Sabemos que será difícil jogar lá, mas temos as qualidades para alcançar nosso objetivo.

A lista de desfalques é grande. Thiago Motta e Marco Verratti estão suspensos. Jean-Christophe Bahebeck está em fase de recuperação de uma lesão e Zlatan Ibrahimovic não jogará devido a uma dor na panturrilha.

Este será um jogo especial para um brasileiro. Thiago Silva será capitão do PSG pela 100ª vez. O zagueiro portou a faixa do clube pela primeira vez em 21 de novembro de 2012, contra o Dínamo de Kiev. De lá para cá foram 99 jogos, com 68 vitórias, 20 empate e 11 derrotas. Dominique Bathenay é o jogador que mais vezes foi capitão do clube, 220 vezes.

Blaise Matuidi também comentou sobre o ‘grande dia’. Para ele será a coroação de uma boa temporada: “Isso pode ser um grande dia. Vamos fornecer os meios para que seja o caso. Isto pode ser o resultado de uma temporada muito boa, coroado com um título da liga.

VAVEL Logo