Willian decide, Chelsea supera Dínamo de Kiev e afasta crise

Na tarde desta quarta-feira (4), o Chelsea venceu o Dínamo de Kiev por dois a um e voltou a zona de classificação do grupo G da Uefa Champions League. A partida teve dois tempos distintos. Na primeira etapa o Chelsea dominou totalmente os ucranianos que não finalizaram uma vez ao gol de Begovic. E foi na etapa que os Blues abriram o marcador com um gol contra de Dragovic. Já no segundo período, o Dínamo foi em busca do empate e na pressão conseguiu seu gol também com Dragovic, se redimindo do gol contra. Mas já no final da partida, Willian salvou o Chelsea marcando o gol da vitória.

Na próxima rodada já pode ter os classificados no grupo G. O Chelsea vai até Israel enfrentar o Maccabi Tel Aviv. Caso vença e o Porto vença o Dínamo de Kiev em Portugal, o clube português o inglês se classificam.

Chelsea domina e consegue sair na frente do marcador

A partida começou com pressão dos Blues. Mesmo tendo dificuldades para criar, os donos da casa finalizaram basante. Em pouco menos de dez minutos, Ramires já havia finalizado duas vezes e Oscar uma, todas em direção ao gol de Shovkovskiy. Depois dos 15 minutos, o Dínamo de Kiev passou a ficar com mais posse de bola, porém, não atacava.

O jogo seguia acelerado, mas sem chances de gol. Uma boa oportunidade só foi acontecer aos 30 minutos. Willian fez grande virada de jogo para Fàbregas. O meia cruza para Oscar que não consegue alcançar e a zaga corta. No rebote, Diego Costa isolou. A primeira finalização do Dínamo aconteceu aos 31 minutos. Yarmolenko arriscou a finalização de muito longe e a bola foi distante do gol de Begović.

E, aos 34 minutos, o Chelsea conseguiu abrir o placar. Begović saiu jogando rápido com Baba Rahman. O lateral-esquerdo fez a virada de jogo para Willian. O brasileiro foi para cima do marcador, fintou e fez o cruzamento. Dragovic tentou o corte e mandou para o próprio gol. Depois de sofrer o gol, o Dínamo foi para o ataque e cedeu espaços para o contra ataque.

Aos 41 minutos em um ataque rápido, Diego Costa esperou a passagem de Fàbregas dentro da área e soltou a bola. Fàbregas tocou rasteiro para a pequena área, mas a bola para nos pés da zaga do Dínamo. E já no fim da primeira etapa, acontece uma polêmica. Em um contra ataque do Chelsea, Diego Costa ia ganhando na corrida contra dois marcadores e caiu dentro da área. Arbitragem não marca nada.

Dínamo chega ao empate, mas Willian salva os Blues

Segundo tempo começou melhor para os visitantes. Com dois minutos, González fez grande lançamento para Kravets na velocidade. O atacante entra na área de frente para Begovic, mas Zouma se estica e faz o corte na bola. A resposta do Chelsea aconteceu aos cinco. Diego Costa prendeu a bola na linha de fundo, cruzou na cabeça de Willian, e Shovkovskiy conseguiu fazer a defesa.

Mostrando que estava melhor no segundo tempo, o time da Ucrânia conseguiu sua primeira finalização no gol da partida. No minuto 13, Matic se enrolou na marcação e a bola sobrou para Júnior Moraes que soltou a bomba para a grande defesa de Begovic. Mas o Chelsea seguia respondendo os ataques ucranianos. Um minuto depois, Willian cobrou falta perigosa, Zouma tentou finalizar para o gol, mas a bola passou rente à trave.

Aos 20 minutos, o Chelsea quase chegou ao terceiro gol. Saída de bola errada de Garmash, a bola sobrou para Fàbregas, que rolou para Oscar. O brasileiro arrematou de primeira, e Shovkovskiy fez excelente defesam mandando para escanteio.

Depois dos 25 minutos, o Dínamo de Kiev passou a pressionar com várias bolas alçadas para área. E aos 33 minutos, surtiu efeito. Em cobrança de escanteio feita por Yarmolenko, Begovic saiu mal do gol e a bola sobrou para Dragovic chutar forte e se redimir do gol contra, empatando a partida.

Porém, aos 38 minutos o Chelsea conseguiu ficar a frente do marcador de novo. Em falta sofrida por Hazard, Willian cobrou com perfeição, no ângulo de Shovkovskiy, fazendo o gol da vitória do time londrino.

VAVEL Logo