Borussia Dortmund vence Schalke 04 e se consolida na vice-liderança da Bundesliga

No maior clássico da Alemanha, o Borussia Dortmund mostrou sua superioridade mais uma vez. No Clássico do Vale do Ruhr, realizado no final da manhã deste domingo (8), o BVB venceu o arquirrival Schalke 04 por 3 a 2. O jogo foi realizado no Signal Iduna Park, em Dortmund, e válido pela 12ª da Bundesliga. Os gols do confronto foram marcados por Kagawa, Ginter e Aubameyang para o Borussia, enquanto Huntelaar assinalou os dois tentos do Schalke.

Com o resultado, os aurinegros continuam isolados na vice-liderança do Campeonato Alemão, com 26 pontos. Por outro lado, o Schalke permanece com 20 pontos e sai da zona de classificação para a Uefa Champions League da próxima temporada. Os Azuis Reais ocupam o quinto lugar e estariam entre os classificados para a Uefa Europa League se o campeonato terminasse hoje.

A próxima rodada será realizada daqui a duas semanas, por causa dos inúmeros amistosos realizados pelas seleções nacionais ao redor do mundo. No dia 20, o Borussia Dortmund enfrenta o Hamburgo fora de casa, na Imtech Arena. Por sua vez, o Schalke 04 tem mais um duelo complicado à frente. Diante de seu torcedor, na Veltins-Arena, a equipe de Gelsenkirchen vai medir forças contra o líder invicto Bayern de Munique, no dia seguinte.

Primeiro tempo movimentado em sua parte final

O primeiro tempo começou muito cauteloso. Tradicional de um clássico, as equipes se estudaram muito na parte inicial do jogo. O objetivo era procurar falhas ou brechas no sistema defensivo para ter oportunidades no ataque. Os lances de perigo não aconteceram durante a metade inicial do clássico. Mas bastou o primeiro gol acontecer para o jogo ganhar um panorama diferente.

Aos 30 minutos, em ótima triangulação entre Ginter e Castro, o lateral-direito recebeu a bola e cruzou para Kagawa completar de cabeça no canto direito do goleiro Fahrmann. Com o placar aberto, as equipes deixaram mais espaços. E não teve tempo para o time da casa comemorar. Três minutos depois, em rápido lance ofensivo, Sané acionou Huntelaar, e o artilheiro holandês não perdoou e igualou o marcador.

A partida ficou mais lá e cá. E o Borussia foi mais eficiente quando teve a posse de bola perto da meta adversária. Aos 43 minutos, em cobrança de escanteio executada por Kagawa, Ginter se adiantou à marcação azul e subiu na primeira trave para desviar de cabeça e recolocar o Dortmund na frente do placar.

Borussia marca, Schalke diminui, mas não consegue empate

No segundo tempo, a tendência era que o Schalke partisse com tudo para o ataque para tentar empatar o jogo novamente. A estratégia foi anulada por causa de mais um tento assinalado pela equipe aurinegra. Em rápida jogada, Castro ficou com a bola e tocou para Aubameyang completar para as redes e marcar o terceiro do Borussia.

Os donos da casa tiveram em seguida ótimas oportunidades de construir uma goleada. Na principal delas, Mkhitaryan ficou frente a frente com o goleiro e deu um leve toque para tirar o arqueiro da jogada, mas Fahrmann conseguiu defender em dois tempos e levar a melhor.

Apesar da desvantagem, o Schalke 04 não desistiu. Os Azuis Reais aproveitavam cada oportunidade que tinham de se lançar ao ataque para incomodar o adversário, que controlava a posse de bola e dificilmente dava margem para erro. As alterações promovidas pelos dois treinadores foram fundamentais para o jogo cair um pouco de rendimento. Quando os atletas que entraram em campo começaram a entrar no ritmo da partida, o clássico voltou a ficar disputado.

Com valentia, o Schalke continuou a insistir e chegou ao segundo gol. Di Santo conseguiu vencer disputa no meio de campo com a marcação oponente e avançou sozinho pela lateral direita de ataque. O atacante cruzou, a zaga do Borussia desviou mal e o companheiro de posição Huntelaar completou com categoria, com um belo toque de cobertura, para marcar o segundo gol dele no jogo, o segundo tento do Schalke.

A partida continuou aberta, mas os goleiros levaram a melhor quando foram acionados. Assim, apesar da tentativa das duas equipes de marcarem mais gols, o jogo permaneceu com a vitória do Borussia por 3 a 2.

VAVEL Logo