Resultado Barcelona x River Plate pelo Mundial de Clubes 2015 (3-0)
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Um grande abraço à todos e até a próxima.

A VAVEL Brasil agradece sua presença em mais uma partida no tempo real. Fique ligado que ainda hoje teremos muito mais futebol.

Vamos encerrando aqui mais uma transmissão. Parabéns ao Barcelona e ao seu torcedor. Tri campeão.

Iniesta recebe a taça, levanta e a festa corre solta no Japão!

É a vez dos catalães receberem a medalha de vencedores do Mundial.

Iniesta recebe uma placa com o escudo da Fifa de campeão mundial que usará no seu uniforme.

O contraste entre a foto dos terceiros colocados e dos vice-campeões é enorme.

Jogadores do River recebem a medalha de prata do Mundial.

Agora são os jogadores do Sanfrecce Hiroshima que recebem a medalha de bronze.

Luisito também recebe como Melhor Jogador da Partida.

Bola de Ouro para Luis Suarez.

Bola de Prata para Lionel Messi.

Bola de Bronze para Andrés Iniesta.

Agora são árbitros que recebem medalhas.

Troféu de Fair Play para o Barcelona.

Agora, o troféu é posto no palco da premiação.

Vamos para a premiação. Uma linda festa de luzes no estádio.

Champions League, Liga espanhola, Copa do Rei, Supercopa da Europa e Mundial de Clubes. Que ano do Barça.

Jogadores do River choram. Alário e Kranevitter são os mais abatidos.

Em instantes, a premiação dos dois times.

Sorrisos e brincadeiras contrastam com a tristeza do River e de mais de 15 mil pessoas presentes no Japão. A enorme torcida argentina não passou a do Corinthians, com mais de 30 mil em 2012.

Culés encerram o ano com seu quinto troféu. A festa não é das maiores, mas pra quem diz que europeu não liga, a dedicação em campo foi enorme.

2009, 2011 e 2015. Passa o Corinthians e se torna o maior vencedor da história do Mundial.

O BARCELONA É TRI CAMPEÃO DO MUNDO!

93' Fim de papo no Japão.

92' Minuto final de partida.

91' Sanchez arrisca cruzado e Bravo pegou bem.

90' Mais três minutos.

89' River ainda tenta alguma coisa nestes minutos finais.

88' MUDA O BARÇA: Mathieu entra e sai Neymar.

87' Barcelona vai se isolando nas conquistas. Serão três, contra duas do Corinthians.

86' Reta final de partida.

85' Ah Neymar... Brasileiro foi fazendo atrás de finta, mas não chutou. A zaga corta bem.

84' Messi atua mais como 9 e administra o placar.

83' River tenta apertar e o Barcelona não tem mais pressa para atacar.

82' NA TRAAAAAAAVE! Driussi avançou pela meia esquerda, mandou uma bomba cruzada, Bravo deu de pontas de dedo e desviou a bola para bater na trave.

81' Vangionni cabeceia na grande área, mas a bola sai fraca em linha de fundo.

80' MUDA O BARCELONA: Vermaelen entra e sai Mascherano.

79' Mesmo com a vantagem, Barcelona sufoca o time do River.

78' A vontade de Suarez é uma coisa impressionante.

77' Messi organiza o ataque, mas Neymar não finaliza.

76' BRAAAAAAAAAAAVO! Vangionni cruza da esquerda, Alário cabeceia e Bravo faz grande defesa!

75' Busquets deu uma pancada muito forte em Mercado, mas nada de cartão.

74' River ficará com o vice, assim como o San Lorenzom ano passado.

73' Messi faz duas jogadas individuais e a zaga portenha afastou como deu.

72' Vangionni cruza e Piqué afasta mais uma.

71' Barcelona troca passes, gasta o tempo. Vai sendo o primeiro tri campeão mundial.

70' Se o Barça apertar, conseguirá marcar ainda mais.

69' AMARELO, SERGI ROBERTO. Dividida dura contra Driussi.

68' O passeio é claro e o River já não tem mais forças. Apesar disso, torcida canta.

67' VIROU FESTA! Messi arranca pelo meio, abre pra Neymar, que levanta a cabeça e põe na medida para Suarez, que veio de trás e só tirou de Barovero, num toque sutil de cabeça.

66' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL, LUISITO SUAREZ, DO TRI CATALÃO!

65' MUDA O BARÇA: Sergi Roberto entra e sai Rakitic.

64' Barcelona toca a bola e dita o ritmo neste momento.

63' Jogo perde qualidade e ganha ainda mais vontade. Cada disputa é uma guerra.

62' Barcelona não afina e encara os argentinos.

61' Agora Neymar tomou por trás e Suarez faz juras contra Mercado. Que duelo!

60' Jogo é quase uma Libertadores. Pancadaria rola solta.

59' AMARELO, NEYMAR. Descontou a pancada anterior.

58' E agora discussão forte entre Suarez e Lucho Gonzalez. Neymar tomou uma pancada e ninguém parou a bola.

57' BAROVERO! Enfiada de Messi para Suarez. O uruguaio saiu livre, mas não conseguiu fintar e chuou contra o goleiro.

56' VIROU FESTA! Barcelona vai perdendo um caminhão de gols! Novamente Messi e Neymar, mas o chute do camisa 10 foi pra fora.

55' OOOOOOPA! Neymar fez fila pela esquerda, mas foi travado por Balanta na hora do chute. Ficou o pedido de pênalti.

54' MUDA O RIVER: Driussi entra na vaga de Viudez.

53' MINHA NOSSA! Messi recebeu pelo meio, foi driblando quem tinha pela frente e só não marcou porque Balanta afastou em cima da linha!

52' BAROVERO! Messi enfia pra Neymar, que devolveu para Messi, de frente ao gol, mas o argentino chutou fraquinho para defesa do goleiro.

51' Torcida do River canta alto e tenta apoiar o time.

50' River vai ainda mais pro ataque e já já fará sua última mudança.

49' LÁ VEM O TRI! River foi com tudo e Busquets achou Suarez livre. Além dele, Messi e Neymar também estavam para marcar, mas o uruguaio chutou, mal demais, mas passou por Barovero.

48' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL, SUAREZ, DO BARCELONA!

47' O River vai pra cima e deixará enormes espaços.

46' River vai pra cima e a torcida se inflama!

45' Recomeça o jogo em Yokohama.

MUDA O RIVER: Duas mudanças argentinas, com as entradas de Martinez e Lucho Gonzalez e saídas de Mora e Ponzio.

Equipes retornam e a bola vai rolar no segundo tempo.

Argentinos foram bem na proposta de marcar o Barça, mas quase nulo na hora de atacar. Sem nenhuma grande jogada.

Enquanto o time catalão buscou jogar, o River começou a bater, depois de não encaixar a marcação. Messi flutua pelo meio e isso confunde a defesa rival. Além disso, os apoios dos laterais aumentam as chances de ataque.

O jogo começou com o River bem, marcando forte e tirando os espaços. Aos poucos, a marcação afrouxou e o ritmo do Barcelona impôs o domínio.

O gol de Messi, após bela jogada ofensiva.

Messi marcou e o Barcelona vai conquistando seu terceiro título mundial.

46' Fim de papo no primeiro tempo!

45' QUAAAAAASE! Messi arrancou pela direita, deixou dois pra trás, partiu e enfiou de forma magistral para Suarez, que perdeu cara-a-cara com Barovero.

44' Messi dá belo drible pela direita, mas a bola sai e se ouve uma enorme vaia contra si.

43' Já tudo bem com o brasileiro, jogo recomeça.

42' Viudez manda na área, a zaga afasta, mas o jogo parou após Daniel Alves sentir o rosto.

41' AMARELO, RAKITIC. Carrinho atrasado em Viudez.

40' Vamos para a reta final de primeiro tempo.

39' Jogo do River precisa mudar. Perde o jogo, é dominado e só bate.

38' Outro ataque do Barça, mas dessa vez, Alba estava impedido.

37' Suarez escapa pela direita, cruza, mas Barovero pega em dois tempos.

36' E UM GOLAÇO COLETIVO! Neymar recebe na esquerda, tabela com Messi e ele abre para Daniel Alves na direita. O lateral cruza de primeira para Neymar, que escorou para Messi, dar um drible de corpo, ajeitar e mandar de direita. Placar aberto.

35' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL, LIONEL MESSI, DO BARCELONA!

34' Neymar bate na área, Rakitic tenta, mas a zaga afastou como pode.

33' BAROVEEEERO........ Messi bateu e o goleiro quase entrega a paçoca. Escanteio.

32' É longa, mas tem Messi e Neymar...

31' AMARELO, PONZIO. Entrada fora da bola em Daniel Alves.

30' Mais uma entrada forte. De Alário em Busqutes. Jogadores pedem medidas ao árbitro.

29' Alário avança pelo meio, arrisca de fora, desvia em Piqué e Bravo pegou bem.

28' Messi e Neymar tabelam novamente, mas Maidana chegou forte pra afastar.

27' River sempre marcando forte e com pegadas duras, sempre provocando.

26' Mora arrisca de muito longe e Bravo pega.

25' Mais uma pancada, dessa vez de Viudez em Busquets. Carrinho por trás e o jogo seguiu.

24' Posse de bola: 67 / 33

23' River não adianta a marcação. Espera o time do Barcelona.

22' LINDO LANCE! Neymar recebe na esquerda, inverte para Daniel Alves, que chegou chutando e Barovero pegou.

21' Neymar buscou jogada ensaiada e Mercado afastou como deu.

20' E agora um princípio de confusão entre Mercado e Alba. Jogo nervoso.

19' River marca em seu campo com duas linhas de quatro bem próximas.

18' Barcelona se impõe no ataque e o River é todo defesa.

17' Neymar e Messi buscam a tabela e por muito pouco não abrem o placar.

16' Torcida do Barcelona também canta alto.

15' Jogo é muito físico, sem espaços, pegado. Argentinos dando a vida.

14' AMARELO, ALBA. Carrinho atrasado em Sanchez.

13' Bola longa de Messi pra Neymar, mas Barovero saiu da área pra afastar.

12' River erra passes no meio campo e facilita a vida catalã.

11' Aos poucos o time do Barcelona vai se impondo e dominando no ataque.

10' BAROVEEEEEEEERO! Ataque fulminante do Barça, Messi mandou de voleio e Barovero faz grande defesa no cantinho!

9' AMARELO KRANEVITTER. Messi arrancou e apanhou.

8' Mais de 15 mil pessoas fazem muito barulho nas arquibancadas de Yokohama.

7' TRAVADO! Suarez faz boa jogada pela direita, a bola sobrou pra Iniesta, que tentou chutar cruzado, mas Mercado travou na hora!

6' Viudez cruza na área, mas foi forte demais. Dani afasta.

5' QUASE! Mora escapa pela direita, cruza na pequena área e Piqué tirou da cabeça de Alário. Escanteio.

4' A marcação do River é dura e as pancadas rolam soltas.

3' Viudez levanta na área e Piqué chega pra afastar.

2' Mercado tira o cruzamento e descola escanteio pela direita.

1' E já começa com o River marcando forte e tirando os espaços.

0' AUTORIZA O ÁRBITRO! Começou a final do Mundial!

River todo de branco, com detalhes vermelhos.

Barcelona com seu uniforme principal. Camisa azul-grená listrada na horizontal, calção, vermelho e meias azuis.

A bola vai rolar em Yokohama!

A torcida do River faz muito barulho. Esse será o jogo que encerra a temporada 2015. Jogo que decide o melhor time do mundo.

Times perfilados! Um momento que todos os jogadores sonham.

A música da Fifa começa a tocar e as equipes sobem ao gramado!

A segunda maior invasão ao Japão é da torcida do River, que promete ser um verdadeiro espetáculo. À frente dela, apenas a torcida do Corinthians, que levou mais de 30 mil pessoas.

O Barcelona quer se isolar no topo de conquistas mundiais. A equipe espanhola é a maior vencedora ao lado do Corinthians, com dois títulos.

Desde 2012 que uma equipe sul-americana não vence o mundial. A missão do River é ingrata.

River escalado com Barovero; Mercado, Maidana, Balanta, Vangioni; Sanchez, Kranevitter, Viudez, Ponzio; Mora, Alario. Técnico: Marcelo Gallardo.

O vestiário do River Plate pronto para receber os atletas.

A arbitragem será de Alireza Faghani (Irã) com Reza Sokhandan (Irã) e Mohammadreza Mansouri (Irã)

Entrada do Estádio Yokohama, personalizado com os escudos das equipes participantes.

Barça com Bravo; Dani; Pique, Mascherano, Alba; Busquets, Rakitic, Iniesta; Messi, Neymar, Suarez. Técnico: Luis Enrique.

E saiu a escalação do Barcelona. O trio MSN joga!

Cerca de 20 mil torcedores argentinos cruzaram o oceano para acompanhar o River Plate no Japão. A invasão argentina já é a maior da história, tendo superado o Boca Juniors, em 2000, quando enviou 15 mil xeneizes

O técnico Gallardo deverá mandar o River Plate para o campo com a seguinte escalação: Marcelo Barovero, Jonatan Maidana, Eder Balanta, Gabriel Mercado e Leonel Vangioni; Matias Kranevitter, Carlos Sánchez, Leonardo Ponzio e Leonardo Pisculichi; Rodrigo Mora e Lucas Alario.

O River Plate conquistou sua classificação para a final do Mundial de Clubes 2015 com muito suor. Venceu o Sanfrecce Hiroshima por 1 a 0, com gol solitário de Alário perto do apagar das luzes.

O técnico Marcelo Gallardo não sofre com desfalques para o Mundial de Clubes. Tendo o elenco completo em mãos, sofreu para derrotar o atual campeão japonês, mas a expectativa é que o futebol da equipe evolua contra o Barcelona.

Rodrigo Mora e Carlos Sánchez são os grandes destaques do River Plate. Figuras importantíssimas no Mundial de Clubes, terão que repetir ao máximo suas brilhantes atuações no torneio sul-americana se quiser sair com o título na manhã desta domingo.

O Barcelona chega à final do Mundial de Clubes 2015 após vencer o Guangzhou Evergrande por 3 a 0 na semifinal. Luis Suárez foi o grande destaque da partida, sendo o autor dos três gols.

Na ocasião, Neymar e Messi desfalcaram o Barcelona. O brasileiro devido a uma lesão na panturrilha direita, esta que o deixou de fora de várias partidas neste fim de temporada. Já o argentino sofreu com cólicas renais.

No entanto, o trio MSN estará completo para a decisão do Mundial de Clubes 2015. Messi e Neymar treinaram normalmente com o restante do elenco e a tendência é que seja titulares diante do River Plate.

Luis Enrique terá seu elenco à disposição e deve escalar o Barcelona com: Bravo; Daniel Alves, Piqué, Mascherano, Jordi Alba; Busquets, Rakitic, Iniesta; Neymar, Suárez, Messi.

O Barcelona classificou-se ao Mundial de Clubes após conquistar a Uefa Champions League na temporada 2015. Na decisão do maior torneio de clubes da Europa, venceu a Juventus por 3 a 1. Rakitic, Suárez e Neymar marcaram para os espanhois. Morata descontou para os italianos.

Com dúvidas, Barcelona busca tricampeonato contra motivado River Plate

Yokohama, segunda cidade mais populosa do Japão com 3,4 milhões de habitantes, será o centro das atenções neste domingo (20). Depois de mostrar favoritismo nas semifinais, River Plate e Barcelona irão disputar o título do Mundial de Clubes da Fifa de 2015, a partir das 8h30 (de Brasília), no Estádio Internacional.

Os argentinos chegam na grande decisão após baterem o anfitrião Sanfrecce Hiroshima, na última quarta-feira (16), com gol solitário do talismã Alario. O triunfo diante dos japoneses fazem os Millonarios disputarem a terceira final em toda a história do certame, buscando o bicampeonato.

Os espanhóis, por outro lado, venceram o Guanghzou Evergrand por 3 a 0 em noite inspirada de Suárez, que marcou os três tentos. A vitória sobre os chineses faz com que os catalães cheguem à disputa pelo tricampeonato mundial, indo à quarta participação na final do torneio intercontinental.

O trio de arbitragem do confronto inédito será formado por um trio iraniano. No apito, Alireza Faghani, que está no quadro internacional desde 2008. Ele será auxiliado pelos conterrâneos Reza Sokhandan e Mohammadreza Mansouri. Todos, no momento, integram o quadro de árbitros da Fifa.

Por não ter nenhuma ausência nos titulares, os argentinos deverão ir a campo na final com o mesmo time que iniciou contra o Sanfrecce Hiroshima. Um desses é o goleiro Barovero, que elogiou o Barcelona e reconheceu a qualidade dos catalães.

"Será algo único para nós. Trataremos de estar à altura de competir contra a melhor equipe do mundo, talvez da história. Jogar contra os melhores jogadores é algo que qualquer um no meio do futebol sempre deseja. Messi é o maior astro do futebol mundial há anos e Iniesta é incrível", detalhou o arqueiro.

O treinador e vice-campeão como jogador pelo clube Millonario em 1996, Marcelo Gallardo, ressaltou a importância dos culés atuarem com os principais nomes. O comandante ainda destacou a chegada à final, comentando que espera um bom jogo para ter chances de sair vitorioso.

"Eu gostaria de que todos os melhores jogadores atuassem. Por mim, é um prazer enfrentar os três ou quatro melhores jogadores do mundo. Teria que ser um jogo perfeito para que possamos ter qualquer chance.Cumprimos nossa parte, que era passar pelo primeiro jogo e chegar à grande decisão", afirmou Gallardo.

Atual líder do Espanhol, classificado às oitavas da Champions League e mirando o tricampeonato do Mundial de Clubes. Esse é o panorama do Barcelona para a grande decisão do torneio intercontinental. Na estreia, os catalães derrotaram o Guanghzou Evergrand com atuação brilhante de Suárez, já garantido entre os 11.

Enquanto isso, os outros componentes do trio MSN ainda são dúvida. Vetado do jogo contra os chineses por conta de uma crise renal, Messi voltou a treinar com o restante do grupo, assim como Neymar, que retorna após sofrer pequena lesão fibrilar na coxa esquerda, sendo ausência em alguns duelos pela Liga.

Apesar de estarem com o elenco, o argentino e o brasileiro deverão começar como opção entre os reservas, sendo substituídos por Sergi Roberto e Munir El Haddadi. Esses, inclusive, foram os escolhidos por Lucho para iniciar jogando diante da equipe treinada por Luiz Felipe Scolari no meio de semana.

Confiante na recuperação dos atletas, o técnico Luis Enrique ressalta que os jogadores não precisarão estar 100% fisicamente para serem titulares diante dos Millonarios. O ex-jogador e atual treinador ainda ponderou para a qualidade do River, esperando que a partida seja de alto rendimento.

"Os dois estão melhorando, todos estão melhorando e eu sempre estou otimista. A qualidade de qualquer jogador do Barcelona faz com que possam jogar sem estar a 100%. Têm que estar a 99%, mas vamos ver. Ainda assim, é uma final atraente, pois já vi o River jogar de muitas maneiras", comentou o comandante.

Bom dia, torcedor! Acompanhe agora a partida entre Barcelona x River Plate, válida pela final do Mundial de Clubes 2015! Fique conosco!

VAVEL Logo