Suárez marca quatro, Barcelona goleia Gijón em jogo polêmico e segue líder do Espanhol
Foto Divulgação: La Liga

Neste sábado (23), pela 35° rodada do Campeonato Espanhol, o Barcelona recebeu o Sporting Gijón no Estádio Camp Nou e goleou por 6 a 0. Com direito a uma grande atuação na segunda etapa da partida. Destaque para Luis Suárez, que marcou quatro gols pela segunda partida consecutiva e chegou a 34 na Liga. O uruguaio é o artilheiro da competição e lidera até o momento a chuteria de ouro, de maior goleador da Europa na temporada.

Com a vitória o Barcelona permanece na liderança do espanhol, agora com 82 pontos, mesma pontuação do vice-líder Atlético de Madrid e um a frente do Real Madrid, terceiro colocado. No próximo sábado (30), o Barcelona sairá para enfrentar o Betis. Já o Sporting Gijón está na zona de rebaixamento do torneio, é o 18° colocado com 32 pontos, na próxima rodada receberá o Eibar.

Primeira etapa preguiçosa do Barcelona, que saiu com vantagem mínima

Nos primeiros minutos da partida, o Barcelona como de costume tomou a iniciativa, mas não conseguiu criar. Quem chegou mesmo foi o Sporting, em contra-ataque puxado por Guerreiro, Alex Menéndez recebeu a bola na área, mas acabou deixando escapar. O Barça respondeu em seguida, Iniesta cruzou para Luis Suárez, o goleiro Cuéllar saiu do gol e a bola sobrou para Messi, com o gol vazio mandar para as redes.

Minutos depois, Suárez deixou para Messi, que chutou forte, Cuéller esticou as pernas e fez boa defesa. O Barcelona se acomodou em boa parte da primeira etapa, a equipe catalã pouco atacava e ainda correu alguns riscos. Aos 35, de novo Menéndez assustou, a finalização acabou indo para fora. Os culés acordaram e ameaçaram com Suárez e Neymar que perdeu grande oportunidade, cara a cara com Cuéllar. Teve tempo do Sporting Gijón perder duas chances incriveis, Mascherano e Piqué tiraram a bola em cima da linha.

Barça toma conta da partida, com liderança de Messi e gol de Luis Suárez

Para o segundo tempo o Barcelona voltou com Daniel Alves no lugar de Sergio Roberto. Liderados por Messi, o Barcelona pressionou nos primeiros minutos e perdeu muitas chances. Iniesta recebeu na entrada da área e finalizou longe do gol. Depois foi a vez de Messi arrancar e chutar à esquerda de Cuéllar. Jordi Alba aproveitou cruzamento de Daniel Alves e chutou forte a defesa do Gijón mandou para escanteio. Aos 14, Messi achou Neymar, que parou de novo em Cuéllar.

De tanto insistir o segundo gol saiu. Messi arrancou, abriu para Iniesta, que cruzou rasteiro para Luis Suárez apenas empurrar para as redes. Depois do gol, Luis Enrique fez mais uma substituição no Barcelona, Bartra entrou na vaga de Piqué. Neymar teve outra ocasião de gol, de cabeça, Cuéllar novamente pegou. O Barcelona chegava facilmente, tomava contra da partida com tranquilidade. O trio MSN fez uma bela jogada. Suárez tocou para Messi, que deixou com Neymar. O brasileiro devolveu a bola para Messi, que chutou, a zaga do Gijón afastou.

Aos 28, Daniel Alves cruzou, a bola bateu no braço de Canella e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança Luis Suárez converteu. Dois minutos depois, Neymar foi derrubado por Sanabriu, outra penalidade para o Barça. De novo Luis Suárez bateu e marcou. 

No últimos minutos, Vranjes cometeu mais uma pênalti em Neymar e acabou sendo expulso. O mesmo Neymar cobrou e fez o seu gol na partida. Ainda deu tempo para Suárez fazer o seu quarto na partida, o sexto do Barcelona. Daniel Alves deixou com Messi, que abriu para Suárez chutar no canto de Cuéllar. O uruguaio chegou ao 34° gol no Campeonato Espanhol, na artilharia isolada da competição.

VAVEL Logo