Athletic Bilbao arranca empate heroico do Levante no fim e permanece na zona de UEL

Na manhã deste domingo (24), Levante e Athletic Bilbao empataram em 2 a 2 no Estádio Ciutat de Valencia, em duelo válido pela 35ª rodada do Campeonato Espanhol. Casadesus e Etxeita contra deixaram o Levante com ótimas possibilidades de se aproximar das demais equipes do Z-3, porém, Susaeta e San José, já nos minutos finais, igualaram para Los Leones.

Desde os primeiros instantes de partida o Bilbao foi superior. Atuando com uma boa posse de bola em seu setor ofensivo, a equipe basca sondava a área adversária, mas não criava oportunidades claras para inaugurar o marcador. Apostando em contra-ataques, o Levante foi cirúrgico em seu primeiro avanço. Lerma deu um lindo passe pelo alto para Casadesus, o atacante tocou sutilmente na saída de Iraizoz e abriu o placar.

Necessitando da vitória para se manter na zona de UEL e com o sonho da UCL o Bilbao seguiu pressionando, mas desta vez, com um diferencial: arriscando chutes à longa distância. Muniaín, Beñat e Raúl Garcia foram os primeiros a levarem perigo a meta de Marino. Antes do intervalo, Boveda ficou livre quase na pequena área após cobrança de escanteio venenosa de Beñat, entretanto, o lateral não conseguiu acertar a meta adversária, e cabeceou por cima.

Os atletas voltaram do intervalo mas o cenário permaneceu o mesmo. Beñat com 25 segundos arriscou de fora da área e obrigou um verdeiro milagre de Marino. Percebendo que a posse de bola não estava dando resultado, o Bilbao começou a apostar na velocidade de Muniaín, e nas presenças ofensivas de Viguera e Susaeta, que entraram nas vagas de Lekue e Iturraspe respectivamente.

A falta de eficiência nas finalizações acabou fazendo falta para Los Leones. Já que aos 68' Balenziaga falhou feio na saída de bola, entregou para Cuero que avançou em velocidade, após invadir a área o meia tentou tocar para trás, Etxeita tentou cortar e acabou mandando para a própria meta. À partir deste momento, o abatimento era claro na equipe do Bilbao, até porquê, a pressão pela primeira vez em 70 minutos havia sido interrompida. Morales por muito pouco não transformou a partida em goleada. 

Entretanto, já nos minutos finais eis que ressurge a equipe praticamente derrotada. Primeiro em jogada com Iñaki Willians, que tocou para Susaeta estufar as redes de Marino. Três minutos depois, em mais uma jogada de Willians, quem completou para o gol foi o zagueiro Mikel San José, decretando um empate milagroso em solo valencianista.

Se o cenário era de festa para os bascos, para o Levante o clima foi de uma verdadeira tragédia. A equipe poderia ficado há dois pontos de se livrar da zona de rebaixamento. Porém, o empate deixou a equipe de Valência em uma situação delicadíssima neste fim de temporada. Na próxima rodada, o adversário será o Málaga em La Rosaleda.

Mesmo com um clima extremamente favorável, o empate de certa forma não foi tão bom assim para o Bilbao. Se o Villarreal vencer a Real Sociedad ainda neste domingo, os bascos verão a classificação para a próxima UCL praticamente extinta. Entretanto, a vaga para a UEL está cada vez mais próxima. Os comandados de Ernesto Valverde recebem na próxima rodada o Celta de Vigo em San Mamés.

VAVEL Logo