Hoffenheim bate Ingolstadt de virada e se afasta do Z-3 da Bundesliga

Neste sábado (30), Hoffenheim e Ingolstadt se enfrentaram pela 32ª rodada da Bundesliga 2015/16 na Rhein Neckar Arena, em Sinsheim. Os Hoffs ainda continuavam na luta contra o rebaixamento e enfrentaram uma equipe sem maiores pretensões no campeonato, com o único objetivo de melhorar sua posição na tabela de classificação.

A partida foi movimentada e os donos da casa venceram de virada pelo placar de 2 a 1, os gols foram marcados por Uth e Amiri para os donos da casa, enquanto os visitantes descontaram com Lex. Com o resultado, os Hoffs subiram para o 13º lugar, com 37 pontos. Por outro lado, os Schanzer estacionaram na nona colocação com 40 pontos.

O próximo jogo do Hoffenheim será fora de casa contra o Hannover na HDI-Arena. O Ingolstadt recebe no Audi-Sportpark o Bayern de Munique. Os confrontos serão realizados no sábado (07).

Schanzer saem em vantagem, mas Hoffs empatam na primeira etapa

Quem começou no ataque foi a equipe visitante. No primeiro lance de perigo, o goleiro Nyland lançou do campo de defesa. Após um bate-rebate, Lezcano ficou com a sobra e arriscou em cima de Baumann. Aos 17 minutos, o Ingolstadt abriu o placar. Em lançamento feito por Matip, a bola parou nos pés de Stefan Lex, que se aproveitou do descuido da defesa adversária para dominar e mandar no canto do goleiro Baumann e marcar o primeiro tento do jogo.

Em desvantagem e em maior necessidade do resultado, o Hoffenheim desperdiçou boa chance aos 26 minutos. Volland arriscou e mandou por cima da meta do goleiro Nyland. Após tanto pressionar, aos 37 minutos veio o empate. Em jogada iniciada por Kramaric, o croata entrou na área e tocou para Uth. O atleta recebeu e bateu na saída do arqueiro, e deixou o confronto igual para os Hoffs.

Hoffenheim pressiona e vira no segundo tempo

O Hoffenheim estava disposto a virar o placar e usou todas as forças para isso. Aos seis minutos, Rudy lançou, Nyland cortou de cabeça e sobrou para Amiri. O jogador deslocou Kramaric, mas a finalização foi em cima do goleiro Nyland. Depois do lance, porém, a arbitragem marcou penalidade máxima. Na cobrança, Kramaric bateu e o goleiro norueguês fez a defesa. Em seguida, os visitantes reclamaram de um pênalti em cima do Stefan Lex, mas o árbitro do jogo deu prosseguimento ao lance. Esperto, Hartmann bateu, mas Baumann espalmou.

Aos 13 minutos, ótima oportunidade para os donos da casa. Volland lançou para Uth. O atacante recebeu sozinho e ficou frente a frente com Nyland, que fez boa defesa. Aos 28, a partida ficou ainda movimentada, e os Schanzer perderam a oportunidade de voltar a ficar na frente do marcador em um forte chute de Morales. Mas o jogador norte-americano recebeu e arriscou em cima de Baumann, que espalmou para a linha de fundo.

O Hoffenheim teve nova chance de virar o marcador aos 34 minutos. Em cobrança de falta executada por Volland, a bola foi no canto de Nyland, que fez ótima defesa. Aos 39, porém, a defesa não pode fazer nada. Em lançamento de Baumann para Kaderábeck, o lateral avançou e tocou para Volland. O jogador deixou Amiri em condições de arriscar e mandar para o gol. O importante triunfo para os donos da casa veio.

VAVEL Logo