Real Madrid vira sobre Villarreal com direito a pênalti polêmico e retoma ponta do Espanhol

Neste domingo (26), Villarreal Real Madrid fizeram um grande jogo no encerramento da 24ª rodada do Campeonato Espanhol 2016/17. O Submarino Amarelo abriu dois de vantagem com Manu Trigueros Bakambu, mas com gols de BaleCristiano Ronaldo, em pênalti bem polêmico, e Morata, já na parte final da partida, os merengues garantiram uma importante e difícil vitória por 3 a 2.

Com este resultado, o Real Madrid retorna à liderança do campeonato, chegando aos 55 pontos, um a mais que o vice-líder Barcelona, além de continuar com um jogo a menos. O Villarreal está em sexto com 39 pontos.

As duas equipes retornam aos gramados já no meio de semana, ambos na quarta-feira (1º). Às 15h30, o Villarreal vai até o El Sadar encarar o lanterna Osasuna. Um pouco mais tarde, às 17h30, o Real Madrid recebe o Las Palmas.

Primeiro tempo equilibrado e sem muitas chances

O início de partida foi de muito estudo no Estádio de La Cerámica, com as duas equipes tendo muita dificuldade para furar os bloqueios montados pelos técnicos Fran Escribá e Zinedine Zidane. A primeira finalização da partida veio aos 10', quando Mario Gaspar desceu bem pela direita, levou para o meio e arriscou, mas Navas fez bela defesa.

O Real Madrid, que precisava da vitória por conta do triunfo do Barcelona, só chegou pela primeira vez com perigo aos 24', depois de muita pressão, mas falta de finalizações, quando Marcelo cruzou e Benzema subiu bem, cabeceando, mas Asenjo fez bela defesa. Nesse lance, o arqueiro do Submarino Amarelo sofreu uma lesão e deu lugar a Andres Fernandez.

Mesmo com um jogo equilibrado, o Villarreal continuou chegando melhor e com mais objetividade. Aos 30', Carvajal perdeu a bola, Jaume Costa cruzou da esquerda, Bakambu não alcançou, mas ela chegou na segunda trave para Samu Castillejo, que se esticou todo, chegando de carrinho, mas a bola foi por cima da meta de Navas. Depois disso, nada mais aconteceu na primeira etapa.

Segundo tempo de cinco gols, polêmica e virada merengue

Se a primeira etapa foi relativamente fraca, a segunda foi simplesmente espetacular. Tanto que logo aos 5' a rede balançou, quando Castillejo recebeu cruzamento na grande área, dividiu com Marcelo, mas conseguiu escorar para trás, onde estava Manu Trigueros, que emendou de primeira e fuzilou a meta de Keylor Navas: 1 a 0 Villarreal.

E o Submarino Amarelo se animou muito com o gol, tanto que seis minutos depois chegou ao segundo tento na partida, quando Bruno Soriano observou bem a passagem de Bakambu, que, em posição irregular, ganhou na corrida de Sergio Ramos e finalizou na saída de Navas, tirando bem do arqueiro costarriquenho: 2 a 0 Villarreal.

Só que dois minutos desse gol, Isco entrou na partida e deu outra cara para o Real Madrid. Aos 19', os merengues conseguiram diminuir, dando início a reação, quando Carvajal passe na direita e cruzou com perfeição na cabeça de Bale, que subiu totalmente livre na pequena área e marcou: 2 a 1 Villarreal.

Porém, 10 minutos depois, surgiu a grande polêmica da partida, quando, após arremate de Kroos, a bola desviou no meio do caminho em Victor Ruiz e pegou de leve, e até no susto, no braço de Bruno Soriano, o que acarretou no pênalti. Cristiano Ronaldo, sem ter nada a ver com a situação, cobrou com força, a meia altura, e empatou o jogo no Estádio de La Cerámica: 2 a 2.

E esse gol de empate botou fogo na partida, ainda mais depois de toda a reclamação por parte do Villarreal. E mais uma substituição de Zidane fez efeito aos 38', quando Marcelo recebeu com muito espaço na esquerda, levantou a cabeça e cruzou com perfeição para Morata, que cabeceou com força, sem chances para Andres Fernandez: 3 a 2 Real Madrid.

VAVEL Logo