Por título da Copa da Liga Inglesa, United e Southampton se enfrentam em Wembley

O primeiro campeão da temporada 2016/2017 na Inglaterra será decidido neste domingo (26). No famoso Wembley, famoso e emblemático estádio de Londres receberá Manchester United e Southampton, que brigarão pelo título da Copa da Liga Inglesa às 13h30. 

Os Saints poderão conquistar o segundo título da competição em sua história, o primeiro foi conquistado em 1976. Já o United quer faturar o quinto caneco do torneio, se igualando a Chelsea  e Arsenal no segundo posto de campeões. O time venceu o título pela última vez em 2010.

As duas equipes vem embaladas pelos últimos dias. Mourinho e companhia vem de cinco vitórias seguidas e bateu o Hull City na semifinal da competição. Já o Southampton aplicou 4 a 0 no Sunderland na rodada passada da Premier League e despachou o Liverpool com duas vitórias nas semifinais. Nos quatro confrontos entre as equipes entre si que antecedem a final, são dois resultados positivos para cada lado.

Mourinho mostra vontade de vitória em excesso

Crescimento em 2017. O Manchester United não sabe o que é perder em fevereiro e, aos poucos, encostou nos primeiros colocados na Premier League. E o time chega favorito para a final, por ser um time de tradição contra um emergente nos últimos anos.

Jose Mourinho comentou sobre a final, afirmando estar com mais vontade de vencer que o adversário: "Se eles querem mais do que nós, eles ganham, então temos que ter certeza de que não querem mais do que nós. Essa é a questão. Eles querem muito, é claro que eles querem muito. Mas eu não acho que eles terão mais vontade do que nós. Então eu acho que a melhor equipe em campo vai ganhar e não vai depender de motivação."

Mourinho poderá ser o primeiro técnico na história do clube a vencer a Copa da Liga em sua temporada de estreia. ​Sobre seu primeiro título no United, ele atesta sua vontade de vencer como grupo e não como individual. "Tenho tantas coisas boas na minha carreira que eu não seria influenciado por um pequeno detalhe. No começo, eu estava olhando mais para minhas realizações pessoais mas agora eu sou cada vez mais um homem de clube".

Para o confronto, Jose Mourinho não poderá contar Mkhitaryan, que saiu lesionado no meio de semana contra o Saint Etienne. Rooney, com lesão muscular, também foi dúvida durante toda semana. Mas Carrick, que estava lesionado e Ander Herrera, fora por suspensão, entrarão em campo.

Em entrevista para a imprensa, Ander Herrera comentou sobre a dificuldade que o Southampton terá para bater o United. O espanhol citou a confiança do elenco. "Todo mundo que assiste nossos jogos percebe muito rapidamente que é uma grande equipe está jogando, porque controlamos todos os jogos ou a maioria. Temos muita confiança em nós mesmos e estamos mostrando o quão difícil é nos vencer. Não posso dizer que é impossível nos bater, mas é difícil porque somos muito compactos, todos atacamos e criamos oportunidades", afirmou Herrera.

Concentração é arma do time de Claude Puel

Depois de 14 anos, o Saints voltará a disputar uma final. No único título da Copa da Liga, em 1976, a equipe venceu o Manchester United, mesmo adversário deste domingo, por 1 a 0. O time terá vários desfalques para o jogo, entre eles o zagueiro holandês Virgil Van Dijk, lesionado. Charlie Austin e McCarthy também estarão fora. Porém, Boufal será relacionado para o jogo.

O técnico Claude Puel demonstrou que o time está focado para que o tabu de 41 anos sem títulos expressivos seja quebrado. "Eu acho que todos os jogadores concentraram bem e adquiriram foco no jogo, sem pensar em outras coisas, como o resultado ou o que pode acontecer depois. É importante manter toda a nossa concentração sobre nosso jogo."

O francês tiveram folga nos últimos dias, já que a equipe não está mais na Uefa Europa League nem na Copa da Inglaterra. Elenco e comissão aproveitaram o tempo para descansar e treinar fora do país. "No início da semana passada, fomos capazes de dar aos jogadores três ou quatro dias de folga, que foi a primeira folga desde o início da temporada. Foi muito importante para eles se recuperarem e, depois, fomos para a Espanha para nos preparar para este jogo em um bom campo de treinamento, havia uma boa atmosfera e atitude, trabalho duro", alertou.

O capitão Steven Davis ressaltou a dificuldade de enfrentar os Red Devils, principalmente em uma final, mas manifestou animação, mostrando o desempenho de seu time durante toda a EFL cup. 

"Temos um grande desafio pela frente novamente. Mas nós superamos uma sequência difícil para chegar lá, então estamos cheios de crença. Sabemos a qualidade que temos na equipe e que podemos vencer qualquer equipe em qualquer dia. É uma grande conquista chegar a uma final e ter a oportunidade de ir jogar em Wembley. É algo que vimos buscando nas últimas temporadas e conseguimos chegar lá", afirmou.

VAVEL Logo