Ex-Arsenal, Petit acredita que clube precisa desenvolver mentalidade vencedora

Emmanuel Petit jogou três temporadas e mais de 100 jogos com o Arsenal, vencendo inclusive uma FA Cup e a Premier League em 1997/98 sob comando de Arsène Wenger. O francês, porém, disse em entrevista recente que o clube precisa de uma mentalidade vencedora se quiser conquistar títulos expressivos novamente, analisando que os Gunners têm o que é preciso para serem competitivos. 

Nesta inter-temporada o time londrino poderá encontrar mais dificuldades em fechar negócios por jogadores, visto que um dos principais motivos que atraiam-os era a disputa contínua da Uefa Champions League, coisa que não acontecerá em 2017/2018, mas, mesmo assim, Petit entende que alguns bons nomes podem chegar para ajudar a construir um time vencedor.

Petit atuando pelo Arsenal em 2000 (Foto: Laurence Griffiths / Getty Images)
Petit atuando pelo Arsenal em 2000 (Foto: Laurence Griffiths / Getty Images)

"Tenho certeza que Wenger e o Arsenal estão dispostos a mudar as coisas colocando dinheiro na mesa e trazendo alguns jogadores", disse ao Sky Sports. "Creio que alguns jogadores chegarão em breve no time e que a próxima temporada será totalmente diferente para Wenger e o Arsenal", previu. 

Falando brevemente sobre a situação financeira e elenco atual do clube, Emmanuel sabe do poder monetário da agremiação e entende que a base do time também pode ajudar em algo, apesar das poucas oportunidades visto o atual elenco. 

"O Arsenal é um dos clubes mais ricos do mundo. Financeiramente eles não têm problemas, mas se não colocar dinheiro na mesa, certamente pode contar com a academia. Só que com nomes como Walcott, Chamberlain, Ramsey e Wilshere, nós não vemos muitos deles jogando pelo time principal além de Holding. Isso não é suficiente. Você precisa de uma mentalidade vencedora e isso é raro nesses dias", concluiu. 

Petit iniciou a carreira no Monaco, clube pelo qual jogou por nove anos, aparecendo em quase 300 jogos pelo clube. Depois, passou três temporadas no Arsenal e ainda jogou em Chelsea e Barcelona antes de se aposentar. 

VAVEL Logo