Ex-Santos e Atlético-MG, meia João Pedro é flagrado em exame antidoping na Itália

No dia de seu aniversário, brasileiro foi suspenso provisoriamente após teste detectar o uso de hidroclorotiazida, um diurético que é utilizado para encobrir outras substâncias

Ex-Santos e Atlético-MG, meia João Pedro é flagrado em exame antidoping na Itália
João Paulo é dos destaques do Cagliari (Foto: Matteo Ciambelli/NurPhoto via Getty Images)

O meia João Pedro - que completa 26 anos nesta sexta-feira (9) - não teve o aniversário dos sonhos. A comemoração foi travada por conta de uma notícia: o jogador do Cagliari foi suspenso pelo Tribunal Nacional Antidopagem Italiano (NADO, nas siglas italianas) após seu exame dar positivo para hidroclorotiazida, um diurético utilizado para encobrir outras substâncias. O teste foi feito na sequência de um jogo contra o Sassuolo, pela Serie A, no dia 11 de fevereiro. O tribunal ainda não divulgou o tempo que o meia deverá ficar sem atividades em campo.

Em nota, a diretoria do Cagliari falou sobre o ocorrido e se colocou à disposição para ajudar o jogador. "De acordo com o que foi notificado nesta manhã pela Primeira Secção do Tribunal Nacional Antidoping ao jogador João Pedro, o Cagliari Calcio, surpreso com a notícia, espera que a situação seja esclarecida o mais cedo possível e se coloca à disposição das autoridades responsáveis pela pronta resolução da questão. O clube tem absoluta confiança na boa fé e correção do jogador", comunicou em seu site.

No país, não é a primeira vez na temporada em que um jogador é suspenso pela matéria encontrada. Em janeiro, Fabio Lucioni, capitão do Benevento, foi pego e está cumprindo a pena de ficar um ano afastado dos gramados. 

O camisa 10 do clube chegou à Itália aos 20 anos, após o Atlético-MG ter vendido seus direitos ao Palermo. Depois de lá, jogou no Vitória de Guimarães(Portugal), Penãrol, Santos e Estoril, até chegar ao Cagliari, em 2014, onde se firmou. O jogador é uma peça fundamental para a equipe. Na temporada, ele é o artilheiro da equipe com seis gols marcados na equipe profissional em 23 jogos. O jogador ainda não deu declarações sobre a punição.