Após goleada sofrida diante do Newcastle, Southampton demite Mauricio Pellegrino
Foto: Divulgação/Southampton FC

A goleada do Newcastle diante do Southampton foi a gota d'água para a diretoria do clube, que nessa segunda feira (12) demitiu o treinador Mauricio Pellegrino. Contratado nessa temporada, para suceder o demitido Claude Puel, o treinador argentino se mostrou como uma grande decepção para o clube da costa sul inglesa, que luta contra o rebaixamento na atual temporada da Premier League.

Pellegrino assumiu a equipe dos Saints após uma satisfatória temporada 2016/17 com o Alavés na La Liga, na qual conquistou uma confortável 10ª colocação, além de ter chegado a final da Copa do Rei, onde perdeu a decisão para o Barcelona. No clube inglês, trouxe reforços como o meio campista Mario Lemina, o zagueiro Wesley Hoedt e mais recentemente seu compatriota Guido Carillo. 

Com apenas oito vitórias em 34 partidas, contando todas as competições, esse foi o pior aproveitamento de Pellegrino como treinador, cerca de 23,5%. Com 27 pontos, um a mais que o Crystal Palace, primeira equipe a fazer parte da zona de rebaixamento para a EFL Championship da próxima temporada, o time segue vivo na FA Cup, onde enfrentará o Wigan nesse domingo (18). 

Desde o retorno a Premier League, na temporada 2012/13, o Southampton tem feito excelentes campanhas na Premier League, retornando a participação na Uefa Europa League e chegando a decisão da EFL Cup na última temporada. Além disso, inúmeros jogadores foram revelados e vendidos a outros clubes ingleses, sobretudo o Liverpool, que conta atualmente com cinco jogadores que defenderam a camisa dos Saints (Adam Lallana, Virgil Van Dijk, Nathaniel Clyne, Dejan Lovren e Sadio Mané)

Os auxiliares Carlos Compagnucci e Xavier Tamarit também deixaram o clube, que agradeceu os esforços do treinador e de sua equipe dentro do clube, que irá procurar nomear um novo treinador o mais rápido possível, tendo o nome do português Marco Silva, ex-Watford e Hull City como o grande favorito para treinar os Saints. Outros nomes especulados foram os de Mark Hughes, Slaven Bilic, Graham Potter, Brendan Rodgers e Slavisa Jokanovic. Para o duelo contra o Wigan, provavelmente Kelvin Davis, ex-goleiro do clube e que era auxiliar técnico de Pellegrino, deverá comandar a equipe. 

VAVEL Logo