Klopp exalta atuação do Liverpool mas prega cautela para jogo da volta: "Nada decidido"

Em uma noite para não se esquecer no Anfield, o Liverpool derrotou uma das sensações da temporada, o Manchester City pelo placar de 3 a 0 e deu um grande passo para se classificar para a semi-final da Uefa Champions League 2017/18.

Apesar do placar, os Reds evitam comemorar uma possível classificação por saberem do potêncial da equipe dos Citizens, que são os campeões virtuais da Premier League e podem garantir o título neste sábado caso derrotem o Manchester United no Ettihad Stadium. 

Jurgen Klopp afirmou em sua entrevista coletiva que não esperava um resultado como esse contra uma equipe tão forte como o Manchester City, mas afirmou que nada está decidido e que a tendência é que sua equipe mantenha o ritmo para conseguir garantir a classificação no jogo da semana que vem no Ettihad Stadium.

"Eu nunca esperava por essa atuação da equipe, eu só esperava que a gente pudesse ser um adversário que criasse bastante dificuldades para o Manchester City. Agora estamos com um 3 a 0 de vantagem, mas nada está decidido, todos nós sabemos disso. Vamos viajar para Manchester e eles certamente buscarão o troco. Eles não jogaram mal, mas não conseguiram criar o número de chances que estão acostumados a criar". afirmou Klopp.

O treinador aproveitou para atualizado sobre a contusão sofrida pela estrela da equipe, o egipicio Mohamed Salah, que foi substituido logo no início da etapa final por conta de uma contusão. Klopp afirmou que é muito cedo para saber o grau da lesão, mas que conversou com Salah quando ele foi substituido.

"Eu não tenho muito o que falar neste momento. No momento em que foi substituido, ele chegou para mim e disse que estava sentindo algo. Para mim foi o suficiente para fazer a alteração e não correr o risco de agravar uma possível lesão". acrescentou o alemão.

O alemão ainda aproveitou para fazer elogios para o lateral-direito Alexander-Arnold, que foi considerado por muitos veículos como o melhor jogador da partida, por ter anulado completamente as ações do winger do Manchester City, Leroy Sané. Além dele, o meio-campo no geral foi muito elogiado.

"O Alexander-Arnold fez um jogo fantástico junto com o Robertson pelo outro lado. Nossos três meias foram brilhantes e os homens de ataque estavam cobrindo os espaços certos no ataque. Essa é a única forma de parar o Manchester City". concluiu

VAVEL Logo