Salah e Firmino marcam, Liverpool vira sobre City e volta às semis da Champions após dez anos

Salah e Firmino marcam, Liverpool vira sobre City e volta às semis da Champions após dez anos

Reds melhoraram no segundo tempo, aproveitam erros de saída de bola dos Citizens e confirmam classificação à próxima fase

charley-moreira
Charley Moreira
Manchester CityEderson; Walker, Otamendi, Laporte; Bernardo Silva (Gündogan, min. 74), De Bruyne, Fernandinho, David Silva (Agüero, min. 64), Sané; Sterling, Gabriel Jesus. Técnico: Pep Guardiola.
LiverpoolKarius; Alexander-Arnold (Clyne, min. 81), Lovren, Van Dijk, Robertson; Wijnaldum, Milner, Oxlade-Chamberlain; Salah (Danny Ings, min. 89), Firmino (Klavan, min. 81), Mané. Técnico: Jürgen Klopp.
Placar1-0, min. 2, Gabriel Jesus. 1-1, min. 53, Salah. 1-2, min. 77, Firmino.
ÁRBITROAntonio Mateu (ESP). Cartões amarelos: Mané (min. 14), Ederson (min. 14), Alexander-Arnold (min. 29), Bernardo Silva (min. 30), Firmino (min. 35), Van Dijk (min. 65).
INCIDENCIASPartida de volta das quartas de final da Uefa Champions League, realizada no Etihad Stadium, em Manchester, Inglaterra.

O Liverpool está de volta às semifinais da Uefa Champions League após dez anos! Nesta terça-feira (10), os Reds venceram, de virada, o Manchester City por 2 a 1, no Etihad Stadium, e sacramentaram a classificação à próxima etapa da competição continental. Gabriel Jesus anotou o tento dos Citizens com menos de dois minutos de jogo, mas, no segundo tempo, Mohamed Salah e Roberto Firmino garantiram o triunfo dos visitantes. A partida de ida, no Anfield Road, terminou 3 a 0 para o time da cidade dos Beatles.

Pep Guardiola mandou a campo um time ultra ofensivo. Numa espécie de 3-5-2, com alas bem agudos, os Citizens pressionaram o Liverpool desde o apito inicial do árbitro. Não por acaso abriu o placar aos dois minutos de jogo. Fernandinho acionou Sterling em profundidade após erro de Van Dijk, o inglês serviu Jesus, que bateu no canto do goleiro.

O time de Jürgen Klopp não conseguia encontrar saídas de escapes para ferir os comandados de Guardiola. Por outro lado, os Citizens impunham pressão intensa sobre os Reds. Bernardo Silva chegou a carimbar a trave, em chute forte de fora da área. Mas um lance deixou todos os torcedores do City furiosos antes do intervalo. O árbitro espanhol Antonio Mateu anulou um gol legal do City, anotado por Milner (contra).

Para o segundo tempo, o City abriu mão do esquema de três zagueiros, passando a atuar num 4-4-2, com Gabriel Jesus e Sterling no ataque, além de Fernandinho recuado à zaga. Com isso, a equipe da casa perdeu força, e o Liverpool cresceu no jogo.

Em contra-ataque, os Reds empataram o duelo. Mané cortou em diagonal, deixou Otamendi para trás, mas não conseguiu driblar Ederson. O goleiro, porém, não segurou a bola. Salah ficou com a redonda e mandou de cavadinha, por cima de Otamendi, para estufar as redes.

Jogadores comemoram gol de Salah (Foto: Laurence Griffiths/Getty Images)
Jogadores comemoram gol de Salah (Foto: Laurence Griffiths/Getty Images)

O que estava bom ficou ainda melhor. Nos dez minutos finais do clássico, Firmino pressionou a saída de jogo do Liverpool, Otamendi errou o passe, o brasileiro avançou sozinho e bateu no cantinho de Ederson, fazendo 2 a 1.

Gündogan, que entrou na etapa final, chegou a estufar as redes após o City tomar a virada do Liverpool. No entanto, Sané, que deu a assistência ao meio-campista, estava em posição irregular. Tento anulado. O Liverpool se segurou no restante do confronto e assegurou uma grande vitória em pleno Etihad Stadium.

Agora, o time da cidade dos Beatles espera o sorteio para saber quem enfrentará nas semifinais da Champions League. O sorteio acontecerá na manhã de sexta-feira (13), na sede da Uefa, em Nyon, na Suíça.

VAVEL Logo

Inglaterra Notícias

há 20 horas
há 21 horas
há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 6 dias
há 6 dias