Gareca despista sobre permanência no comando do Peru: "Vai se resolver com o tempo"

Seleção Peruana se despediu da Copa do Mundo batendo Austrália por 2 a 0 na última rodada da fase de grupos

Gareca despista sobre permanência no comando do Peru: "Vai se resolver com o tempo"
Foto: Simon Hofmann/FIFA via Getty Images

Na última partida do Peru na Copa do Mundo, em que o time ganhou por 2 a 0 da Austrália, o técnico Ricardo Gareca admitiu que a sua equipe passou por dificuldades, mas que estavam cientes das dificuldade, e parabenizou os comandados pela vitória na partida desta terça-feira (26). 

"Tínhamos melhores expectativas. Hoje tivemos uma partida muito difícil animicamente, viemos de duas derrotas, mas estamos muito convencidos do que podíamos fazer. Enfrentamos uma equipe muito boa fisicamente, que tinha chance de classificar. Tivemos um esforço enorme pelo clima após as duas derrotas. Nossa expectativa era outra na Copa, mas é parabenizá-los pelo motivação que tivemos o jogo todo. Pelo menos, pudemos dar uma vitória à gente que está no país", explicou.

Perguntado sobre a continuidade a frente da Seleção Peruana, o treinador Ricardo Gareca preferiu não se precipitar, nem se comprometer em sua resposta.

"Agora que terminou tudo, é tratar de analisar as coisas, fazer balanços pessoais, a federação vai fazer também os seus balanços, temos que ver um monte de questões. O tempo é providencial para pensar", disse.

Gareca que está no comando do Peru desde 2015 e levou los Incas à uma Copa após 36 anos, tem total apoio da torcida, mas pode deixar a Seleção Peruana e ir para a Argentina, seu país natal.
 
"Seleção é responsabilidade maior que implica um país, são quatro anos, e para isso tenho que assumir um compromisso. Transitamos nestes três anos e meio situações complicadas, difíceis, mas em nenhum momento da nossa parte pensamos em deixar o cargo. Se assumirmos a responsabilidade para continuar, será um contrato até que ele termine, independentemente dos resultados que vamos passar. Temos que analisar tudo, não são decisões que se tomam de uma hora para outra. É algo que vai se resolver com o tempo", ressaltou.

Sobre a torcida peruana nos jogos da Copa, o técnico só teve elogios. "O apoio foi magnifico, a torcida foi incrível. Deu essa sensação que podíamos mais", lamentou Gareca.