Sarabia marca duas vezes, Sevilla volta a vencer Újpest e avança na Europa League

Rojiblancos não se fiaram em vantagem adquirida na ida e venceram húngaros novamente

Sarabia marca duas vezes, Sevilla volta a vencer Újpest e avança na Europa League
(Foto: Divulgação/Sevilla FC)
Újpest
1 3
Sevilla
Újpest: Pajovic; Balazs, Bojovic, Litauszki (Horj, min. 88) e Burekovic; Sankovic e Diallo; Nwobodo, Nagy (Szucs, min. 67) e Zsótér; Novothny (Tischler, min. 66).
Sevilla: Sergio Rico; Carriço, Mercado e Sergi Gómez; Corchia, Banega (Roque Mesa, min. 72), Vázquez e Escudero; Pejiño, Sarabia (Nolito, min. 65) e Ben Yedder (Luis Muriel, min. 66).
Placar: 0-1, min. 34, Sarabia. 0-2, min. 49, Sarabia. 1-2, min. 76, Zsótér. 1-3, min. 82, Luis Muriel.
ÁRBITRO: Kiriil Levnikov (RUS). Cartão amarelo: Diallo (UJP);
INCIDENCIAS: Partida válida pela segunda preliminar da Uefa Europa League, disputada no estádio Szusza Ference, na Hungria.

O Sevilla deu mais um passo na Uefa Europa League na tarde desta quinta-feira (2). Jogando na Hungria, contra o Újpest, pela partida de volta da segunda preliminar da competição europeia, os espanhóis venceram a equipe da casa por 3 a 1, e confirmou a vaga na próxima fase. Pablo Sarabia, duas vezes, e Luis Muriel deram a vitória ao time de Pablo Machin.

No confronto de ida, no Ramón Sánchez Pizjuán, goleada pelo placar de 4 a 0. Navas, Ben Yedder, Sarabia e Vázquez marcaram os gols do triunfo de ida. Com o placar somado, os Rojiblancos fizeram 7 a 1 no total. 

O marcador na Hungria foi inaugurado com um belíssimo gol. Escudero partiu do campo de defesa para o campo de ataque com a bola dominada e levantou na medida para Pablo Sarabia só empurrar para o fundo das redes, abrindo a contagem. 

O segundo gol saiu no início do segundo tempo, também dos pés do camisa 17 sevillista. Sarabia invadiu a área com liberdade pelo flanco direito e chutou rasteiro, no cantinho do goleiro Pajovic. 

Melhor jogador do Újpets, o meia Zsóter fez um golaço de fora da grande área. Após Diallo ajeitar, o camisa 10 acertou um chute de raríssima felicidade no ângulo do arqueiro Sergio Rico, que nada pode fazer. 

Já aos 37 do segundo tempo, Luis Muriel deu números finais ao confronto. O centroavante saiu do banco para receber passe de Escudero no meio, arrancar, driblar a zaga húngara e sacramentar a vitória espanhola na saída do goleiro com um chute baixo. 

O Sevilla disputa sua primeira final em 2018-19 no próximo domingo (5), quando enfrenta o Barcelona pela final da Supercopa da Espanha, no Estádio Grand Stade de Tanger, no Marrocos