RB Leipzig bate Zorya Luhansk em jogo de duas viradas e se classifica para fase de grupos da UEL

Equipe alemã saiu na frente, levou a virada, mas conseguiu se remontar e garantir a vaga no fim

RB Leipzig bate Zorya Luhansk em jogo de duas viradas e se classifica para fase de grupos da UEL
(Divulgação/RB Leipzig)
RB Leipzig
3 2
Zorya Luhansk
RB Leipzig: Mvogo; K. Laimer, Konaté, Orban, Klostermann; Ilsanker, Kampl, Sabitzer; Matheus Cunha, Poulsen, T. Werner.
Zorya Luhansk: Luis Phillipe; Tymchyk, Vernydub, Svatok, Mikhaylichenko; Silas, I. Kharatin, Kabaev, Gordienko, Karavaiev; Rafael Ratão.
Placar: 1-0, min. 8, Werner. 1-1, min. 35, Rafael Ratão. 1-2, min. 48, Gordienko. 2-2, min. 69, Augustin. 3-2, min. 90, Forsberg.
ÁRBITRO: Danny Desmond Makelle (HOL)
INCIDENCIAS: Partida válida pela última fase preliminar da Uefa Europa League.

Nesta quinta-feira (30), o RB Leipzig recebeu o Zorya Luhansk na Red Bull Arena em partida válida pela Uefa Europa League. Após o jogo de ida ter sido 0 a 0, a volta foi emocionante, com direito a duas viradas e a classificação do time alemão vencendo por 3 a 2.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

Os donos da casa marcaram o primeiro do jogo com apenas 8 minutos de bola rolando. Kampl arrancou direto da intermediária, tocou para Matheus Cunha, que devolveu para o esloveno, mas a bola rebateu no defensor ucraniano. Na volta, o atacante brasileiro pegou em cheio e abriu o placar.

O Leipzig foi superior durante metade da etapa inicial, mas encontrava dificuldades de entrar na área do Zorya. A pontaria dos alemães não estava em seu melhor dia, o resultado disso foram 7 finalizações, mas apenas uma em direção ao gol. Por outro lado, os visitantes sequer tinham ameaçado Mvogo.

Só que o futebol gosta de pregar peças, principalmente naqueles que abusam das chances perdidas. Aos 35, os ucranianos saíram tabelando desde a defesa até parar no pé de Karavaiev, que cruzou de pé direito na cabeça do brasileiro Rafael Ratão. O atacante só teve o trabalho de mandar ela pro fundo das redes e igualar a partida.

Com o resultado, o Leipzig ia confirmando a eliminação, já que no jogo de ida empataram por 0 a 0 na Ucrânia. Os Touros precisavam de um apenas um gol para ficar com a vida um pouco mais confortável.

Só que o começo da etapa complementar complicou a vida da equipe alemã. Com apenas três minutos após o pontapé inicial, o Zorya fez o segundo. Rafael Ratão recebeu lançamento e tocou de cabeça para o meia Karavaiev, que bateu em direção ao gol. Quando a bola ia entrar, Gordienko apareceu e empurrou ela pro fundo das redes, virando o confronto.

Vendo seu time ser eliminado, o técnico Ralf Rangnick foi obrigado a ir pra cima. Ele promoveu as entradas de Forsberg e Augustin nos lugares de Konaté e Poulsen. E as mexidas deram resultado. Algum tempo depois, após boa troca de passes, o francês recebeu um grande lançamento de Werner e chutou na saída do goleiro, empatando tudo novamente.

O tempo foi passando e a tensão aumentando na Red Bull Arena. Os dois times sabiam do que cada um precisava para se classificar, mas o Zorya tinha a vantagem. Até que aos 90 minutos veio a chance que a equipe alemã mais queria. Forsberg caiu na área e o árbitro assinalou pênalti, para a alegria dos saxões. O próprio sueco foi pra cobrança e bateu com muita categoria no lado direito para dar a vitória e a vaga na fase de grupos para o Leipzig.

Os Touros irão conhecer seus adversários na fase de grupo amanhã (30), no sorteio realizado pela UEFA. Eles voltam a campo no próximo domingo (2), ás 10h30, contra o Fortuna Dusseldorf em casa. No lado ucraniano, o Zorya foca suas atenções na liga nacional, onde enfrenta o Arsenal Torpedo também no mesmo dia, ás 13h30, no Dínamo Lobanovsky.