Barcelona e Real Madrid empatam e deixam tudo em aberto na semifinal da Copa do Rei
Divulgação/Foto: FC Barcelona

Barcelona e Real Madrid empatam e deixam tudo em aberto na semifinal da Copa do Rei

Jogando em casa, time catalão não conseguiu abrir vantagem e terá que ganhar dentro do Bernabéu para poder ir à final 

wesley-silva
Wesley Silvali

No fim de tarde desta quarta-feira (06), Barcelona e Real Madrid se enfrentaram pela semifinal da Copa do Rei, no Camp Nou. Em uma partida de poucas emoções e bem fria dentro do campo, os históricos rivais empataram por 1 a 1, com gol de Lucas Vázquez para o Real, e do brasileiro Malcom, para o Barça.

Sem Messi, que poupado, só entrou no segundo tempo, o Barcelona parecia desconfortável no início do jogo. O Real Madrid teve espaço considerável para atacar e chegar fácil na defesa do rival. Diante da qualidade que possui, o time madrilenho não demorou muito para chegar ao gol. Vinicius Junior venceu marcação pela direita e cruzou para Benzema. Sem ângulo para o chute, o centroavante francês deu passe cruzado na margem da pequena área. Esperto, Lucas Vásquez antecipou Arthur e finalizou com a barra vazia.

O gol não fez o jogo mudar muito. O Real continuou tendo bastante espaço e por mais de uma vez esteve perto de aumentar a vantagem. Bem presente, Vinicius Júnior teve três lances capitais. Acabaria pecando na tomada certa de decisão. Uma vez tentando o chute quando o passe seria a melhor jogada, e outras duas tentando o passe, quando o mais certo era chutar. De relativo, o Barcelona apenas chegou duas vezes através de bolas paradas. Na mais perigosa, Rakitic cabeceou no travessão.

Na segunda etapa, o Barcelona conseguiu voltar mais ligado e sofrer menos com os contra-ataques perigosos do Real Madrid. Aceso, os catalães começaram a impor um ritmo forte para empatar a partida. Conseguiria logo aos 13 minutos com o brasileiro Malcom. Depois de Suárez finalizar na trave, o ex-Corinthians encheu o pé no rebote e não deu chances para Navas poder se recuperar. Pouco tempo após o gol, Valverde enfim atendeu aos pedidos da torcida e acionou Messi no jogo.

Apesar da entrada do argentino ter agitado muito o ambiente, o que acontecia dentro de campo passou a ficar morno. Muitas trocas de passes e pouca efetividade dos dois lados. De chance clara, apenas Bale, pelo Real, chegou perto de colocar os merengues novamente na frente do placar. O galês aproveitou saída errada de Ter Stegen e só não marcou por ter sido travado pelo português Nelson Semedo.

Com tudo igualado, a decisão sobre quem jogará a decisão contra Valência ou Betis ficou marcada para o jogo da volta no Santiago Bernabéu, dia 27.

VAVEL Logo