Borussia Dortmund sai na frente, sofre pressão, mas derrota Slavia fora de casa
Foto: Reprodução/BVB

O Borussia Dortmund ganhou do Slavia Praga, nesta quarta-feira (2), por 2 a 0, em confronto que marcou o retorno dos tchecos em sua casa pela Liga dos Campeões, após 12 anos. Apesar da maior agressividade dos mandantes, que tiveram 17 finalizações contra 10, a efetividade dos Aurinegros prevaleceu.

Partida foi válida pela segunda rodada do Grupo F, que também tem Barcelona e Inter de Milão. Os vitoriosos vão à 4 pontos, enquanto o Slavia tem 1.

Lá e cá

A partida começou com pressão do Dortmund, que, logo no primeiro minuto, já incomodou Kolar em um chute cruzado de Sancho. O time tcheco tomava gosto pelo jogo e começou a marcar presença no campo defensivo adversário. Primeiro, houve um chute de fora da área com Stanciu, sem muito perigo, aos 13’, e depois, aos 20’, uma grande oportunidade perdida, quando Masopust sai cara a cara com Burki, e o goleiro suíço pega.

Stanciu ainda tentaria novamente em cobrança de falta aos 23’, mas, foram os visitantes que marcaram, e em alto estilo: contragolpe veloz conduzido por Brandt e Hakimi. Este último fez linda jogada individual, tirou de seu marcador, driblou também o goleiro e fez um golaço, pondo o fim de uma primeira etapa de dois times que tiveram gosto pela bola.  

Hakimi decreta

No retorno ao campo, Dortmund iniciou de maneira semelhante à etapa anterior e assustou o adversário no primeiro minuto, depois que Sancho conduziu de forma solitária em uma ótima enfiada de Brandt, mas adiantou muito a bola.

Seria o suficiente pois, a partir disso, o Slavia Praga cresceu no jogo e assumiu o controle da partida, impondo um ritmo forte e agredindo os alemães. Com 48 minutos, Stanciu aproveitou sobra na bola parada, mas Burki encaixou. E foi aos 51’ que os tchecos perderam sua grande chance na etapa, com Tecl, que chutou na rede do lado de fora, em bom lance pela esquerda.

Apesar da insistência, os mandantes se deparavam com a falta de qualidade no momento de objetivar seus lances. Sevcik ainda bateria colocado, aos 70', passando rente à trave direita do goleiro suíço.

O Dortmund, que aparentava estar entregue e conformado a se defender, reencontrou forças nos 10 minutos finais: primeiro com um chute de Hakimi (81’), e com Reus batendo na rede do lado de fora nos 5 próximos minutos.  Até que, aos 88’,  Hakimi, sem ângulo, faz o segundo e mata a partida.  

Próximos compromissos

As equipes voltam as atenções para os campeonatos nacionais. O Borussia Dortmund enfrenta o Freiburg no sábado (5), fora de casa. Já o Slavia Praga confronta o Jablonec 97, domingo (6), também como visitante.  

VAVEL Logo