Atlético de Madrid vence Mallorca e mantém invencibilidade desde o reinício de LaLiga
Foto: Divulgação/LaLiga

O Atlético de Madrid segue sem perder na LaLiga. Desde a volta do espanhol, são dois empates e cinco vitórias. Sendo a última sucedida nesta sexta-feira (3). Pela 34ª rodada, o time de Diego Simeone bateu o Mallorca por 3 a 0. Morata, duas vezes, e Koke marcaram os gols no Wanda Metropolitano.

Foto: Divulgação/Atlético de Madrid   

VAR pede repetição em pênalti e Morata coloca Colchoneros à frente

Mantendo seu estilo forte de marcação, o Atletic teve um ritmo acelerado. No início, Llorente passeava pelo corredor da direita. Em uma das jogadas, o meia acionou Carrasco. Porém, o belga se enrolou e perdeu o domínio. Isso durou por pouco tempo. Lutando para permanecer na elite do futebol espanhol, o Mallorca começou a pressionar e contava com seu principal jogador: Kubo.

Aos 14', Sánches recebeu belo lançamento de Koke. Ele ajeitou para Morata, que não conseguiu aproveitar. Com o gol aberto, Llorente emendou de primeira, mas o zagueiro Sedlar foi o salvador da pátria. Seis minutos depois, Baba teve grande oportunidade de inaugurar o marcador. Após cobrança de falta, o camisa 12 mergulhou de peixinho, mais não encostou na bola para loucura do time. 

A sorte resolveu sorrir para o lado colchonero. Sedlar disputou com Morata dentro da área, acabou exagerando e cometeu pênalti. Aos 25', o  próprio Morata bateu, mas Reina fez grande defesa. Posteriormente, o VAR pediu para repetir a cobrança pois Sedlar, outrora salvador invadiu no momento. Desta vez, Morata foi seguro e finalizou no alto para deixar o Atlético à frente.

Com o passar do tempo, a intensidade diminuiu. Nos acréscimos, Koke acreditou em uma bola perdida. Ele abriu com Llorente, que cruzou na linha de fundo. Tendo a baliza completamente livre, Morata escorou na segunda trave.

Mallorca tenta, mais Atleti aumenta vantagem

O Mallorca partiu para cima na retoma da partida. Logo no início, Kubo fez boa jogada pelo meio e tocou para Trajkovski na ponta. O macedônio arrematou na entrada da área, mas foi bloquado por Giménez. O japonês tentou a jogada individual, aos 58', partiu para cima de Sánchez, evitou a saída da bola e soltou uma bomba, que explodiu no peito de Giménez.

Do outro lado, a equipe colchonera soube aproveitar a vantagem. Após algumas mudanças, os comandados de Simeone tentavam ampliar. Aos 73', Lodi arriscou de longe e a bola passou por cima do travessão. A Ensaimada Mecanica ensaiava a todo o custo chegar ao campo de ataque, mas não acertou nenhuma das seis finalizações. Erro que não foi cometido por Koke. O capitão rojiblanco aproveitou rebatida dentro da área, chutou de primeira e, enfim, a redonda morreu dentro das redes.

Tabela

Com o resultado, o Atleti permanece em terceiro, dono de 62 pontos. Já a Ensaimada Mecanica é a primeira equipe da zona de rebaixamento (18º), com 29.

VAVEL Logo