Em noite de Milinkovic-Savic, Sérvia elimina Noruega na repescagem da EURO 2020
Foto: reprodução/UEFA

Foi na persistência! A Sérvia conseguiu se classificar para a partida final da repescagem da Euro 2020 após vencer a Noruega fora de casa por 2 a 1 na última quinta-feira (8).

E, para isso, teve que contar com uma marcação impecável em cima da dupla de ataque formada por Erling Haaland e Alexander Sorloth e com a estrela de Sergej Milinkovic-Savic, que saiu do banco para fazer os dois gols da sua seleção.

  • Posse equilibrada e falta de precisão

Logo após o apito inicial a Sérvia já mostrou que estava com vontade de vencer e logo aos 20 segundos, eles roubaram a bola no meio campo e subiram perigosamente para o ataque. Aos cinco minutos, eles tiveram mais uma boa chance, mas o ala Darko Lazovic finalizou para fora.

O primeiro ataque da Noruega veio somente aos 12, quando Erling Haaland recebeu no meio de dois, mas ao se desvencilhar da marcação para finalizar, deu ao zagueiro a chance de chamar a falta e invalidar o lance.

Taticamente, a Sérvia dominava a Noruega, que parava na linha de cinco meio campistas sérvios e não consegue finalizar. Por conta disso, os escandinavos erravam muitos passes ao atacar e entregavam a posse de bola. Os sérvios sempre buscavam fazer uso dos cruzamentos e ainda sempre ficavam com a segunda bola quando a defesa norueguesa afastava.

Para buscar o gol, a Sérvia expandia a sua área de jogo horizontalmente para abrir a defesa norueguesa e tentar cruzar a bola, e até conseguiu criar sete chances assim, mas não soube aproveitá-las e acertou apenas uma no gol. 

No final do primeiro tempo, a posse de bola dos dois times estava equilibrada (49%-51% para a Sérvia), mas a grande maioria das finalizações haviam sido feitas por parte do lado sérvio (sete ao todo, uma no gol).

  • Gols vindos do banco

A Sérvia voltou melhor para o segundo tempo, pressionado mais e com maior posse de bola e aos oito, após erro da zaga, eles apenas não abriram o placar por que o experiente Rune Jarstein fez ótima defesa.

O cenário se manteve intocado até que aos 22 o atacante Joshua King substituiu o meia Stefan Johansen, e sua entrada deu um maior ímpeto ao time norueguês, que começou a avançar mais para o ataque.

Apesar da Noruega se lançar mais ao ataque, a Sérvia pressionava mais e o jogo seguiu no mesmo ritmo até que aos 35, Sergej Milinkovic-Savic entrou em campo e aos 36, após a bola ser levantada na área em cobrança de falta, ele finalizou e finalmente vazou a meta do goleiro Jarstein.

Tudo parecia perdido para a Noruega até que aos 42, Mathias Normann, que havia entrado após o intervalo, acertou um belo chute cruzado da entrada da área e empatou a partida.

  • Tempo Extra

No primeiro tempo da prorrogação a Sérvia buscou manter mais a posse de bola e a atacar, e aos 12, após uma subida rápida e uma boa troca de passes, MIlinkovic-Savic tocou por cobertura para tirar a bola do alcance do goleiro Jarstein e fazer 2 a 1, dando números finais ao jogo.

  • A Grande Final

A partida final da repescagem será no dia 12 de Novembro e a Sérvia enfrentará a seleção da Escócia, que derrotou Israel nos pênaltis após empate de 0 a 0 no tempo normal.

  • Próximos Confrontos

As duas seleções entrarão em campo novamente no Domingo (11), quando a Noruega receberá a Romênia e a Sérvia jogará em casa contra a Hungria em partidas válidas pela Liga B da UEFA Nations League.

VAVEL Logo