Inglaterra faz lição de casa e provoca primeira derrota da Bélgica na Nations League
Foto: Divulgação / Inglaterra

Com dois pênaltis marcados logo no início do jogo, Inglaterra e Bélgica fizeram um jogo equilibrado neste domingo (11) em Wembley, mas a seleção da casa conseguiu quebrar a invencibilidade dos rivais e ainda roubou a liderança do grupo A2 na UEFA Nations League.

Esta foi apenas a quarta derrota do técnico Roberto Martínez em 47 jogos no comando da seleção belga. Comandada por De Bruyne e Lukaku, a equipe começou melhor, apostando na velocidade do setor ofensivo explorando as costas da zaga inglesa.

A arbitragem liderada pelo alemão Tobias Stieler também chamou a atenção. Logo aos 10 minutos, a primeira bola balançou a rede, em chute de Carrasco, mas o gol foi anulado. Houve uma incerteza quanto à marcação, sendo que o assistente apenas assinalou a irregularidade ao final da jogada, mas a impressão é de que Castagne estava adiantado e encobriu a visão do goleiro Jordan Pickford.

A Bélgica não se abalou com a decisão do árbitro e conseguiu sair na frente em pênalti sofrido e cobrado por Lukaku. O centroavante fez jogada individual pela ponta direita e foi derrubado por Eric Dier. Quando foi para bola, ele chutou de canhota e deslocou o goleiro do Everton aos 16 minutos.

Na sequência, De Bruyne aproveitou erro na saída de bola da Inglaterra, conduziu a bola até a altura da meia lua e arriscou de canhota no meio do gol, mas desta vez Pickford segurou com firmeza. 

Com Calvert-Lewin isolado na frente, a Inglaterra só finalizou na metade final do primeiro tempo. No entanto, após jogada de escanteio cobrado por Trippier, Meunier agarrou Henderson dentro da área e a arbitragem confirmou o pênalti. O goleiro Mignolet caiu para a esquerda, mas Rashford demonstrou frieza para empatar.

A Inglaterra voltou do intervalo com mais pegada e chegou à virada com Mason Mount, que estava apagado até então. A jogada começou na direita, com bola alçada na área por Alexander-Arnold que viajou até o outro lateral. Trippier então ajeitou de cabeça e ela sobrou para o camisa 10 chutar de pé esquerdo. Ele estava cercado por Alderweireld, que ainda viu a bola desviar no seu pé e enganar Mignolet.

Após o segundo gol, o técnico Gareth Southgate ainda lançou as estrelas Harry Kane e Jadon Sancho, que ajudaram a equipe a manter a vantagem até o apito final.

Invicta na Nations League, a Inglaterra lidera o grupo A2 com sete pontos, um a mais do que a Bélgica. Logo depois vem Dinamarca e Islândia, que se enfrentam nesta rodada.

Dinamarca e Islândia são os próximos adversários de Inglaterra e Bélgica, respectivamente. Ambos os jogos acontecem na próxima quarta-feira (14).

VAVEL Logo