Estrela de Lukaku brilha e Inter de Milão ganha sobrevida ao vencer Gladbach na Champions
Foto: Divulgação / UEFA Champions League

E, mais uma vez, Romelu Lukaku salva a pele da Internazionale. Válido pela quinta rodada da fase de grupos da Champions League, na tarde desta terça-feira (1°), o Borussia Mönchengladbach recebeu a desesperada Inter de Milão. A vitória era obrigatória para os  italianos se quisessem ter alguma chance de classificação para as oitavas da Champions League. Já o Gladbach, que estava um pouco mais tranquilo, precisava dos três pontos para se garantir na próxima fase.

Em um jogo eletrizante, cheio de emoção até o final,  Inter ganhou uma sobrevida graças a Romelu Lukaku. Com dois gols do belga e um de Darmian, os italianos saíram da Alemanha com os três pontos e a última chance de classificação. 

Distribuição tática

Do lado dos donos da casa, Marco Rose   iniciou a partida mandando o Gladbach em um 4-2-3-1. Com Yan Sommer no gol, Ginter e Jantschke na zaga e Wendt e Lainer nas laterais. No meio-campo, Neuhaus e Kramer trabalharam mais atrás, em conjunto com a defefsa, enquanto Thuram, Stindl e Lazaro criavam jogadas para abastecer Pleá lá na frente.

Precisando da vitória para continuar na Champions, Antonio Conte montou uma Inter  3-5-2. Com Handanovic no gol,  De Vrij, Bastoni e Skriniar fizeram a linha de defesa. No meio-campo, Darmian e Ashley Young trabalhavam pelas laterais enquanto Barella, Brozovic e Gagliardini participavam da criação das jogadas. Lá na frente, Lukaku e Lautaro Martínez.

Com jogaço de Lukaku, Inter de Milão ganha sobrevida na Champions League

Era o jogo da vida para a Internazionale. Sem nenhuma vitória no grupo, os italianos precisavam dos três pontos para continuar sonhando com a classificação para as oitavas da Champions. A pressão deu bastante  certo, principalmente nos 30 minutos iniciais. Além de um ataque fulminante, chegando com perigo toda hora, a defesa não deixada as principais peças do Gladbach funcionarem.

O resultado do domínio não demorou para sair: aos 17', os visitantes abriram o placar com Darmian. Além dos gol, Lukaku estava muito bem na partida, criando boas chances e trabalhando bem com Lautaro  mais na frente. Porém, Sommer trabalhou bem para impedir a vantagem ainda no primeiro tempo. 

Apesar do domínio dos visitantes, a equipe de Marco Rose conseguiu dar um gás nos últimos 15 minutos da primeira etapa. Os alemães conseguiram acertar quatro das seis finalizações, enquanto os italianos acertaram dois dos oito chutes. A reação que os potros precisavam chegou aos 46', com Pleá empatando o jogo no último lance antes dos times irem para o vestiário. 

O segundo tempo trouxe toda a emoção de uma final de campeonato.  A Inter precisava dos três pontos pra seguir viva na Champions, o Gladbach precisando dos três pontos pra sagrar a classificação. Aos 64', Lukaku colocou a Inter de novo em vantagem e 10 minutos depois, aos 73', mandou um golaço, com assistência de Hakimi e jogada  construída por Alexis Sanchéz. O chileno foi personagem também do segundo gol do Borussia: após perder a bola no meio capo, Thuram acionou Pleá rápido e o francês diminuiu a vantagem. 

O 3 a 2 foi um gol eletrizante e trouxe a sobrevida que a Inter precisava. O jogo teve alguns principais personagens com seu andamento. O único que não mudou  e fez um grande jogo foi o belga Romelu Lukaku. Do lado dos potros, Sommer e Lazaro fizeram grande primeiro tempo e Pleá brilhou no segundo tempo. 

Classificação e próximo jogo

O grupo vai para a última rodada com, literalmente, NADA DEFINIDO. Os quatro times tem chances de classificação. Os dois jogos serão na quarta-feira (09), às 17h. O Gladbach enfrenta o Real Madrid fora de casa e a Inter recebe o Shakhtar Donetsk.

VAVEL Logo