No sufoco, Atlético de Madrid vence Alavés e segue líder isolado de LaLiga
Foto: Alex Marín / Atlético de Madrid

A vitória do Real Madrid no início da 17ª rodada de LaLiga pressionou o Atlético de Madrid para superar o Alavés fora de casa e manter a vantagem sobre o rival. Os colchoneros cumpriram o papel neste domingo (3) e começaram o ano com o pé direito a fazer 2 a 1 no no Estádio de Mendizorroza.

Ex-Palmeiras, Deyverson foi o jogador mais adiantado do Alavés. Enquanto isso seus companheiros de equipe mal cruzavam a linha central. O técnico Pablo Machín montou um 4-5-1, com os laterais e a dupla de zaga, e povoou o meio com cinco jogadores. Quando tinha a posse de bola, a equipe trocava passes mas apresentava pouca produção ofensiva, tanto que sequer finalizou no primeiro tempo.

O Atlético de Madrid entrou em campo posicionado basicamente em um 3-5-2 com Oblak no gol, uma linha de cinco defensores formada pelos três zagueiros Giménez, Felipe e Hermoso, os laterais Vrsaljko e Carrasco mais adiantados, Koke, Lemar e Correa no meio e os atacantes Marcos Llorente e Luis Suárez.  

Foto: Alex Marín / Atlético de Madrid
Foto: Alex Marín / Atlético de Madrid

Mesmo jogando fora de casa, o time de Simeone começou buscando o jogo desde o primeiro minuto. O gol, porém, saiu apenas na parte final, quando Llorente bateu, a bola desviou no pé do zagueiro e entrou no canto de Pacheco.

O domínio colchonero continuou após o intervalo, com chances perdidas por Carrasco em cobrança de falta, Llorente em jogada individual costurando na entrada da área e numa bola em que Suárez ficou na cara do gol mas bateu pra fora, rente à trave.

Parecia que o líder do Campeonato Espanhol construiria mais uma vitória tranquila, ainda mais quando Laguardia derrubou Lamar na entrada da área e recebeu o cartão vermelho direto. Inicialmente a arbitragem deu amarelo, mas consultou o VAR e deixou o Alavés com um a menos.

Porém, como não converteu as oportunidades em gols o Alavés realizou quatro substituições, começou a gostar do jogo e chegou ao empate em jogada de transição rápida. Joselu avançou pela esquerda e tocou para Lucas Pérez. Ele dividiu a bola com Felipe, que na tentativa de afastar o perigo marcou um gol contra. 

A arbitragem assinalou cinco minutos de acréscimo e o time colchonero conseguiu a vitória com Luis Suárez, que estava embaixo da trave quando desviou um cruzamento de João Félix. O uruguaio empurrou para o gol e marcou o nono gol dele em 12 jogos pelo Campeonato Espanhol. 

Ainda deu tempo de Suárez servir João Félix, mas o português pegou mal na bola e ela subiu demais, saindo por cima do travessão.

Classificação e próximos jogos

Com 38 pontos, o Atlético de Madrid está no topo da tabela, seguido por Atlético de Madrid, Real Sociedad, Villarreal e Barcelona. O time comandado por Simeone volta a campo no sábado (9), quando recebe o Athletic Bilbao, que neste final de semana demitiu o técnico Gaizka Garitano.

Décimo quarto colocado, o Alavés está com 18 pontos e encara o Cádiz (12º) no domingo (10). São apenas quatro vitórias em 17 jogos, o que coloca a equipe de Deyverson e cia próximo da zona de rebaixamento do Campeonato Espanhol.

 

VAVEL Logo