Na estreia do novo estádio, Atlético de Madrid recebe Málaga visando as primeiras colocações

Wanda Metropolitano tem capacidade para 68 mil pessoas e será inaugurado neste sábado

Na estreia do novo estádio, Atlético de Madrid recebe Málaga visando as primeiras colocações
Foto: Aitor Alcalde/Getty Images
Atletico de Madrid
Malaga
Atletico de Madrid: Oblak; Juanfran, Godín, Lucas, Filipe Luís; Saúl, Gabi, Thomas, Koke; Correa, Griezmann
Malaga: Roberto; Rosales, Luis Hernández, Diego González, Ricca; Kuzmanovic, Recio, Ontiveros, Mula, Adrián; Borja Bastón
ÁRBITRO: Sánchez Martínez (ESP).
INCIDENCIAS: Partida disputada no Estádio Wanda Metropolitano, em Madrid, por Atlético de Madrid e Málaga, válida pela quarta rodada do Campeonato Espanhol

Atlético de Madrid e Málaga se enfrentam neste sábado (16) às 15h45 no Estádio Wanda Metropolitano, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Espanhol. Depois de dois empates seguidos sem marcar gols, a equipe colchonera quer voltar a balançar as redes contra os albicelestes, que ainda não venceram na competição.

Com cinco pontos em três jogos, o Atleti faz a sua estreia em casa na temporada 2017-18 da La Liga. No último jogo, ficou no empate sem gols com o Valencia no Mestalla e agora quer voltar a vencer diante de sua torcida.

Se os donos da casa ainda não perderam, o Málaga vive o extremo oposto e ainda não venceu, nas três derrotas até aqui, sofreu cinco gols e marcou apenas um e o desafio agora é ainda mais difícil.

Atleti de casa nova

Será um dia histórico para o clube de Madrid por conta da inauguração do seu novo estádio, chamado Wanda Metropolitano. O técnico Diego Simeone falou sobre a nova casa do time: “Certamente, imagino o apoio da torcida e não vejo outra coisa a não ser uma panela de pressão”.

“Sempre que se joga em casa, quando os torcedores têm a capacidade de permanecerem empurrando como sempre fizeram, nos farão voar”, comentou Simeone ao dizer contar com o apoio da torcida. Um mosaico com 68 mil peças está sendo preparado para a festa antes do jogo.

Simeone em entrevista antes do jogo contra o Málaga | Foto: Divulgação/Atlético de Madrid
Simeone em entrevista antes do jogo contra o Málaga | Foto: Divulgação/Atlético de Madrid

Mas, deixando o clima de festa de lado, Simeone reconheceu a dificuldade da partida diante da qualidade do adversário: “O que me leva a preparar o jogo são os jogadores deles e o Málaga é um time que tem bons jogadores. Temos que fazer uma partida onde nos sintamos confortáveis”.

“Jogamos muitas partidas fora de casa e é uma alegria voltar a nos sentir em casa e estar com nossa torcida”, finalizou o argentino.

Buscando solucionar a falta de gols dos últimos jogos, El Cholo experimentou novas formações durante os treinamentos e provavelmente terá um ataque formado por Griezmann e Correa, deixando Fernando Torres de fora.

Augusto segue se recuperando de lesão e não estará disponível para o confronto. Vrsaljko, com uma pancada no tornozelo, e Giménez, com um incômodo no joelho, também desfalcarão o time.

Míchel: “Olhar para frente e buscar soluções”

Para tentar se recuperar do péssimo início de campeonato (três derrotas em três jogos), o Málaga vai à Madrid visitar o difícil Atleti em seu novo estádio, mas isso não preocupa o técnico Míchel.

“Vamos a Madrid como se fôssemos a qualquer outro estádio ou em outra posição na tabela”, disse o treinador. “Precisamos saber que não vamos enfrentar um time que esteja de homenagens ou festa, mas que vai entrar ligado desde o primeiro minuto”, comentou.

Míchel fala aos repórteres antes de partida diante do Atleti | Foto: Divulgação/Málaga CF
Míchel fala aos repórteres antes de partida diante do Atleti | Foto: Divulgação/Málaga CF

Míchel sabe que não será fácil conquistar os primeiros pontos no campeonato, tanto por jogar fora de casa quanto pela qualidade do adversário: “Sabemos da dificuldade do jogo, mas todos os encontros na primeira divisão têm um alto nível de dificuldade. Vamos para buscar um grande resultado, não sei jogar para não vencer”.

O capitão Recio também falou sobre encarar um novo estádio em um momento tão difícil: “Sempre complicamos a vida do Atlético nas últimas temporadas e entramos no jogo com muita vontade. Queremos arruinar a festa do Atleti e que a inauguração do novo estádio sirva como o momento perfeito para mudar a série de derrotas”.

Além dos retornos de Juanpi, Jony, Miguel Torres, Andrés Prieto e Kellyan, o clube blanquiazul ainda terá as estreias do meia Estebán Rolón e do atacante Diego Rolán. Cengo, Cecchini e En-Nesyri foram os que ficaram de fora da convocação.

As equipes já se enfrentaram 72 vezes na história, com 40 vitórias atleticanas, 19 empates e 13 vitórias malaguenhas. O Málaga não vence o Atleti desde dezembro de 2015, de lá pra cá foram 3 vitórias colchoneras. Se somarmos todas as competições, os Colchoneros estão invictos há oito jogos. O Málaga nunca perdeu as quatro primeiras partidas da La Liga, já tem três.