Bayern vence, mas Atlético de Madrid volta à decisão da UCL pelo gol fora de casa

Bávaros perdem pênalti e Colchoneros marcam gol que os levam para a grande final em Milão

Bayern vence, mas Atlético de Madrid volta à decisão da UCL pelo gol fora de casa
Foto: Divulgação/Uefa
Bayern de Munique
2 1
Atlético de Madrid
Bayern de Munique: Neuer; Lahm, J. Boateng, Javi Martinez, Alaba; Xabi Alonso; T. Müller, Vidal, Douglas Costa (Coman Min. 73), Ribery; Lewandowski. Técnico: Pep Guardiola
Atlético de Madrid: Oblak; Juanfran, Godín, Gimenez, Filipe Luis; Gabi, Augusto Fernández (Ferreira-Carrasco Min. 46); Saúl Niguez, Koke (Savic Min. 90+3) ; Fernando Torres, Griezmann (Partey Min. 82). Técnico: Diego Simeone
Placar: 1 – 0 Min. 31 Xabi Alonso, 1 – 1 Min. 54 Griezmann, 2 – 1 Min. 74 Lewandowski.
ÁRBITRO: Cüneyt Çakir (Turquia) Cartões Amarelos: Gimenez (Min. 34), Javi Martinez (Min. 84).
INCIDENCIAS: Partida Válida Pelo Jogo de Volta da Semifinal da Uefa Champions League 2015/16. Estádio: Allianz Arena/Munique (Alemanha).

Nesta terça-feira (3), Bayern de Munique e Atlético de Madrid se enfrentaram pelo jogo de volta da semifinal da Uefa Champions League 2015/16, na Allianz Arena, em Munique. Os bávaros, que precisavam reverter a desvantagem por, pelo menos, dois gols para se classificarem de forma direta para a final, encararam um time que só jogava pelo empate para chegar novamente à decisão do torneio mais importante do futebol europeu.

A partida foi movimentada. Os alemães venceram pelo placar de 2 a 1, com gols de Xabi Alonso e Lewandowski, enquanto os visitantes descontaram com gol de Griezmann. Com o resultado, os espanhóis se classificaram para final por conta do gol fora de casa e aguardam o vencedor de Real Madrid e Manchester City, que se enfrentam nesta quarta-feira (4).

O próximo jogo do Bayern de Munique será no próximo sábado (7), pela Bundesliga, e atuará fora de casa contra o Ingolstadt, no Audi-Sportpark. Enquanto que o Atlético de Madrid também joga fora de casa, indo até Valencia enfrentar o Levante, no Ciudad de Valencia, no próximo domingo (8), pela Liga Espanhola. Os Colchoneros ainda brigam pelo titulo da temporada.

Bayern abre marcador, mas perde pênalti com Müller

Os bávaros, que precisavam reverter a desvantagem jogando em sua casa, foram em busca da vitória, mas os visitantes que arriscaram à meta adversária pela primeira vez, aos seis minutos, em cobrança curta de Koke. O jogador serviu ao capitão Gabi, que arriscou para Neuer fez a defesa.

Depois, os mandantes mandaram na partida e criaram inúmeras oportunidades de abrir o placar. Aos 12 minutos, Douglas Costa levantou na área e Lewandowski, desajeitado, cabeceou para fora. Em seguida, foi a vez de Vidal arriscar e mandar por cima da meta de Oblak.

A equipe bávara continuou pressionando, e aos 16 minutos, em outro levantamento de Douglas Costa para Thomas Müller, que, mesmo sem jeito, tentou de voleio e perdeu. E a melhor das oportunidades foi aos 20 minutos, na assistência de Boateng para Müller, que serviu de bandeja para Lewandowski, mas o polonês arriscou em cima de Oblak, que fez grande defesa.

Só que aos 31 minutos, os mandantes abriram o marcador em cobrança de falta de Xabi Alonso. O experiente jogador cobrou por baixo, a bola desviou no adversário e entrou para o fundo do gol, igualando o confronto. Os bávaros desperdiçaram um pênalti, quando Gimenez agarrou Javi Martinez dentro da área e o árbitro marcou para marca da cal. Na cobrança, Thomas Müller bateu, Oblak espalmou, e na sobra, Lewandowski arriscou em cima do arqueiro que fez grande defesa.

Griezmann marca e garante classificação do Atlético

Na segunda etapa, os visitantes empataram a partida aos nove minutos, no contra-ataque. Fernando Torres deu ótimo passe para Griezmann, que recebeu a bola em posição legal, e bateu na saída de Neuer, dando novamente a vantagem aos Colchoneros.

Buscando novamente reverter a desvantagem, os bávaros continuaram no ataque, e aos 14 minutos, Vidal arriscou de longe e mandou sem direção ao gol de Oblak. Em seguida, foram os visitantes que arriscaram ao gol com Juanfran, mas acabaram errando o alvo.

A equipe da casa continuou tentando, e aos 22 minutos, Xabi Alonso arriscou de canhota, mas o arqueiro esloveno estava atento e fez a defesa. Depois, foi Lewandowski que, de voleio, arriscou e Oblak fez outra boa defesa.

Mas, aos 29 minutos, marcaram o segundo gol, no cruzamento de Alaba, na área. Vidal escorou de cabeça para Lewandowski empurrar para as redes e colocar os bávaros de volta ao jogo. Ainda o mesmo jogador recebeu de Lahm e mandou pra fora em outra oportunidade de gol.