Espanha bate Israel com golaço de Illarramendi e encerra Eliminatórias de forma invicta

Atuando com uma equipe alternativa, Fúria sofre, mas fura bloqueio israelense com lindo gol do volante da Real Sociedad e encerra atividades na fase de qualificação com vitória

Espanha bate Israel com golaço de Illarramendi e encerra Eliminatórias de forma invicta
Foto: Thomas Coex/Getty Images
Israel
0 1
Espanha
Israel: Harush; Keltjens, Tibi, Ben Haim e Davidzada; Natcho, Kabha (Bitton, Min. 67) e Cohen; Melikson (Ben Chaim, Min. 55), Hemed e Atar (Benayoun, Min. 75). técnico: Elisha Levy
Espanha: Reina; Azpilicueta, Nacho, Ramos (Aspas, intervalo) e Monreal; Busquets, Illarramendi e Viera; Pedro (Callejón, Min. 76), Aduriz (Isco, Min. 66) e Asensio. técnico: Julen Lopetegui
Placar: 0-1, Illarramendi, Min. 76
ÁRBITRO: Craig Thomson (ESC); cartões amarelos: Davidzada (Min. 52)
INCIDENCIAS: partida válida pela última rodada das eliminatórias para copa do mundo 2018, realizada no estádio Teddi Malcha, em Jerusalem

Nesta segunda-feira (9), a Espanha encerrou suas atividades nas Eliminatórias para Copa do Mundo 2018 da forma a qual se acostumou: com vitória. A vítima da vez foi Israel, que recebeu e foi derrotado pelos espanhóis por 1 a 0, com um belo gol de Illarramendi.

Sem amistosos marcados ainda, o foco da Espanha é, agora, a Copa do Mundo. Essa será a 11ª edição seguida de Copa com presença da Fúria, que não sabe o que é ficar de fora da maior competição entre seleções do planeta desde 1974. 

Harush brilha e garante empate sem gols na primeira etapa

Foto: Thomas Coex/Getty Images
Foto: Thomas Coex/Getty Images

O começo de partida foi bem morno em Israel, tendo em vista que a Espanha jogou com várias caras "novas" e um time bem alternativo, além de que os donos da casa não queriam tomar uma goleada em casa no último jogo diante da sua torcida. Mesmo assim, Asensio quase marcou logo cedo em chute de fora da área, mas Harush fez boa intervenção.

A dificuldade espanhola para furar o bloqueio israelense era nítida, com os donos da casa marcando com praticamente todos os jogadores em duas linhas. A Fúria trocava muitos e muitos passes tentando achar espaço, mas foi num chute de fora da área que os visitantes marcaram, quando Sergio Ramos viu Harush adiantado, arriscou de longe e obrigou o arqueiro a fazer uma bela defesa.

No final da primeira etapa aconteceu a melhor chance da partida, quando, em contra-ataque, Pedro recebeu excelente passe, saiu cara a cara com Harush, finalizou, mas o goleiro foi soberano mais uma vez e garantiu que o primeiro tempo terminasse na igualdade sem gols.

Illarramendi fura bloqueio e garante vitória espanhola

Foto: Jack Guez/Getty Images
Foto: Jack Guez/Getty Images

Se no primeiro tempo a missão já era difícil, na segunda ficou ainda mais, pois Israel se fechava muito bem e, mesmo com a exarcebada troca de passes da Espanha, não cedia espaços. Além disso, a primeira chance do segundo tempo foram dos donos da casa, quando Hemed completou cruzamento na primeira trave, mas mandou para fora.

A Fúria deu uma melhorada com a entrada de Isco, que acabou dando mais criatividade a um meio de campo sem entrosamento. A primeira boa chegada dos espanhóis veio, inclusive, em chute de fora da área do meio do Real Madrid, mas a bola foi por cima.

Só que se nos toques rápidos, característica da Espanha, não deu, vai nos chutes de fora da área, e foi assim que a rede finalmente balançou em Jerusalem. Após cobrança de escanteio de Asensio, a defesa tirou parcialmente e a bola chegou na entrada da área para Illarramendi, que emendou um chutaço, sem chances alguma para Harush, que pulou, mas não alcançou: 1 a 0 Espanha. Depois disso, nada mais aconteceu e a partida se encerrou mesmo com mais uma vitória espanhola.

Espanha