Guia VAVEL do Mundial de Clubes 2017: Real Madrid

Numa temporada irregular, atuais campeões chegam com o favoritismo pelo segundo ano consecutivo

Guia VAVEL do Mundial de Clubes 2017: Real Madrid
Guia VAVEL do Mundial de Clubes 2017: Real Madrid

O atual e maior campeão (sem contar apenas o da Fifa) retorna à gramados asiáticos em breve. O Real Madrid vai ao Mundial de Clubes com a chance de fazer algo inédito: ser o primeiro clube a ser campeão por dois anos consecutivos, já que é o atual bicampeão da Uefa Champions League 2017/18, algo nunca alcançado na nova era da maior competição intercontinental entre clubes. Vale lembrar que os blancos são os maiores campeões do torneio (contando todos os mundiais), conquistando-o cinco vezes (1960, 1998, 2002, 2014 e 2016).

Porém, se em 2016 os merengues chegavam no "bem bom", este ano é diferente. Os espanhóis passam por uma temporada de altos e baixos, ficando para trás com quase o primeiro turno completo no Campeonato Espanhol, além de, pela segunda temporada seguida, passar em segundo lugar na fase de grupos da Champions League. Porém, nunca é bom subestimar o, provavelmente, melhor clube do planeta.

Bicampeonato e história feita

A Europa é blanca mais uma vez | Foto: Getty Images
A Europa é blanca mais uma vez | Foto: Getty Images

Conquistar a Uefa Champions League é para poucos, e conquistar 12 vezes então é algo inimaginável... não para o Real Madrid. Conquistar duas vezes seguidas? Muito menos. Na temporada passada, os blancos se sagraram campeões do maior torneio entre clubes do planeta pelo segundo ano seguido, algo nunca antes feito na nova era do torneio.

Em um grupo que teve o Borussia Dortmund como líder, os merengues passaram em segundo, deixando uma pulga atrás da orelha dos seus torcedores, mas isso não foi um problema. Nas oitavas, o Napoli foi presa fácil para os merengues. Nas quartas, um dos favoritos Bayern de Munique também não foi páreo para o poder de decisão de Cristiano Ronaldo.

Na fase de semifinais, o rival Atlético de Madrid foi a vítima da vez, mas CR7, que fez uma segunda fase simplesmente mágica, voltou a decidir, marcando um hat-trick na ida e abrindo o caminho a mais uma final aos merengues. Na grande decisão, a Juventus não conseguiu segurar o ímpeto decisiva da equipe espanhola e foi derrotada por 4 a 1. Bicampeonato garantido na Uefa Champions League. Será que isso também se repetirá no Mundial de Clubes?

Craque - Cristiano Ronaldo

Português quer mais um título para sua galeria
Português quer mais um título para sua galeria

Mesmo não vivendo uma fase tão espetacular como de toda a temporada, principalmente pelos poucos gols no campeonato nacional, Cristiano Ronaldo é Cristiano Ronaldo. Ele é o grande nome do time e chega com a responsabilidade de marcar gols para garantir o bicampeonato do torneio aos merengues.

Técnico - Zinédine Zidane

Contestado, Zizou espera não ter problemas como teve em 2016
Contestado, Zizou espera não ter problemas como teve em 2016

Zinédine Zidane não vive um dos seus grandes momentos a frente do Real Madrid. O francês tem, atualmente, seu trabalho bem questionado pela forma como usa o elenco. Porém, conquistar o Mundial de Clubes de forma tranquila poderia amenizar um pouco o momento atual dos seus comandados.

Espera-se que, por conta do Real Madrid ter um clássico contra o Barcelona no dia 23 de dezembro, sete dias após a decisão do torneio intercontinental, Zidane rotacione bem seu elenco, visando preservar seus principais jogadores para o El Clásico. O título do Mundial fará bem para o francês.