Fora de casa, Red Bull Salzburg bate Nice e equilibra grupo I da Europa League

Placar de 2 a 0 foi construído com gols do jovem sul-coreano Hwang Hee-Chan; Times ficam empatados na tabela, com três pontos cada

Fora de casa, Red Bull Salzburg bate Nice e equilibra grupo I da Europa League
Hwang Hee-Chan comemora um dos gols marcados (Foto: Divulgação/Uefa)
Nice
0 2
Red Bull Salzburg

Na tarde desta quinta-feira (3), o Red Bull Salzburg retribuiu a derrota sofrida em casa na última rodada da Uefa Europa League 2016/17 e venceu o Nice por 2 a 0, no estádio Allianz Rivera, em Nice, pela quarta jornada da fase de grupos do torneio europeu. Os dois gols da partida foram marcados pelo jovem sul-coreano Hwang Hee-Chan, de 20 anos.

Com o resultado, a equipe austríaca empatou em pontos com os donos da casa na chave I: três para cada. No jogo paralelo do grupo, o Schalke 04 levou a melhor, atingiu 12 pontos e deixou o Krasnodar estacionado nos seis. Na próxima rodada, dia 24 de novembro, o Red Bull visita o clube russo enquanto o Rubro-Negro francês encara os Azuis Reais, em Gelsenkirchen.

Foto: Divulgação/Red Bull Salzburg

Dentro de campo, um primeiro tempo com pouquíssimas ocasiões de gol para ambos os lados. Os dois técnicos - Lucian FavreÓscar García Junyent - deixaram alguns nomes importantes no banco de reservas. Aos 12 minutos, Fredrik Gulbrandsen recebeu de Valentino Lazaro e obrigou o goleiro Yoan Cardinale, do Nice, a trabalhar. Os mandantes responderam aos 21, em batida torta de Mario Balotelli.

Antes do intervalo, Gulbrandsen apareceu novamente. Ele cabeceou após cruzamento de Marc Rzatkowski, desperdiçando boa oportunidade. Ainda deu tempo de Wylan Cyprien, Munas Dabbur e Balotelli também errarem o pé na hora H, mantendo o placar zerado.

Depois do descanso nos vestiários, aos dez da etapa final, o zagueiro Dante deu bom passe entre linhas para Younès Belhanda. O meia chutou mal, mas ao menos levou perigo à meta defendida por Alexander Walke. Aos 17 minutos, uma substituição que poderia passar despercebida acabou sendo decisiva. No Red Bull, saiu Gulbrandsen para dar lugar a Hwang Hee-Chan.

Foto: Divulgação/RB Salzburg

Com dez minutos em campo, o sul-coreano já deu as cartas. Bem posicionado, ele recebeu cruzamento de Munas Dabbur e testou no cantinho esquerdo, inaugurando o marcador: 1 a 0. O tento ainda era comemorado quando o jovem de 20 anos apareceu de novo, desta vez matando o jogo. Na pequena área, só escorou passe de Josip Radosevic e colocou o 2 a 0 no placar.

Na reta final da partida, Lucian Favre ainda modificou o time na busca de melhoria no poder de ataque, mas a defesa visitante se manteve firme, bloqueando diversos chutes e explorando contragolpes. Em dois deles, inclusive, Lazaro e Jonatan Soriano - que entrou no fim - quase ampliaram. Nos acréscimos, um apagado Balotelli teve nova chance, porém errou a conclusão. Não havia mais tempo para reação por parte dos mandantes: 2 a 0 e grupo embolado.

Agora, as atenções dos clubes se voltam às ligas nacionais, no final de semana que precede a Data Fifa. Neste domingo (6), às 12h (de Brasília), o Nice, líder isolado do Campeonato Francês seis pontos à frente do segundo colocado, visita o Caen. Na competição austríaca, os touros medem forças com o Mattersburg, fora de casa, também no domingo.