Matuidi celebra bom começo na Juventus e sonha alto: "Quero fazer história neste clube"

Dentre inúmeros assuntos abordados, francês falou sobre novos companheiros, estrutura do clube italiano, adaptação ao Calcio e ao país

Matuidi celebra bom começo na Juventus e sonha alto: "Quero fazer história neste clube"
Foto: Tullio M. Puglia/Getty Images

Apesar do pouco tempo na "nova casa", Blaise Matuidi já está completamente a vontade na Juventus. Em um piscar de olhos, o francês tornou-se peça importante no sistema de Massimiliano Allegri, tomando conta do meio de campo e conquistando a torcida juventina por sua dedicação e entrega.

Em entrevista concedida nesta quarta-feira (8) ao jornal parisiense Le Figaro, o volante falou sobre seus primeiros meses no clube juventino, afirmando que não esperava uma adaptação tão veloz e que já se sente em casa.

"Honestamente, eu não esperava um começo tão bom. Normalmente, nesta posição de novo reforço em um novo país, é necessário um certo tempo para adaptação. Eu me adaptei imediatamente à Turim, e rapidamente me encaixei no estilo de jogo da Juventus. Assim que eu cheguei, o clube me ajudou com tudo", afirmou.

Perguntado sobre as coisas que mais lhe chamaram atenção na Juventus, o francês destacou a rica história do clube e a dura rotina de treinos. Para Matuidi, a seriedade do trabalho realizado na Vecchia Signora explica a competitividade do time ao longo dos anos.

"Duas coisas me impressionaram. Primeiro, a sala de troféus, com 35 Scudettos e duas taças da Champions. É excepcional, você sequer sabe se há espaço para um novo troféu. Segundo, a carga de trabalho. Geralmente, eu tinha o hábito de desligar um pouco durante os treinamentos, mas aqui não funciona assim. Você só precisa de uma semana para entender como a Juve chega aos resultados. Tudo é clínico, cirúrgico", explicou o jogador.

Não apenas a sala de troféus encantou Blaise Matuidi. O francês fez questão de exaltar seus novos companheiros, um deles em especial: o capitão Gianluigi Buffon. O volante falou como é atuar ao lado do lendário goleiro.

"Um grande jogador também pode ser um grande homem, e ele é exatamente isto. Buffon foi um dos primeiros a me enviar boas-vindas quando assinei e me recebeu muito bem. Ele está sempre achando soluções para os problemas da equipe, mostrando o grande líder que é. Gigi é uma lenda, já deixou sua marca na história do futebol e espero que ele possa desfrutar de mais uma Copa do Mundo", contou.

Inspirado em ídolos franceses que passaram pela Juventus, Matuidi sonha alto com a camisa bianconera. Ao falar sobre planos futuros, o volante não escondeu sua vontade de adentrar ao hall das grandes referências do clube.

"Quando cheguei me falaram de Platini, Zidane, Trezeguet e outros ídolos franceses que passaram por aqui. É uma instituição histórica, e meus compatriotas fizeram grandes coisas neste clube. Espero que eu possa deixar minha própria marca e entrar na história da Juventus", concluiu.